Rapper de Nova Odessa é premiado em Brasília

Renan Inquérito foi um dos vencedores da última edição do Prêmio Profissionais da Música, anunciado no começo da semana


Uma das principais premiações da música independente brasileira foi anunciada no último domingo e teve o rapper Renan Inquérito, de Nova Odessa, como um dos vencedores. O cantor e poeta da RPT levou o prêmio de artista/interprete da categoria rap e hip hop do PPM (Prêmio Profissionais da Música).

No total, 490 finalistas concorreram à premiação, cuja cerimônia de entrega aconteceu em Brasília. Gustavo Vasconcellos, idealizador do PPM e anfitrião da noite comemorou: “A palavra que mais se adéqua a este momento é valor. E o maior valor que compartilhamos foi o amor pelo próximo, independente de gerações, de gêneros ou de classes. A música venceu”, frisou ele durante o fechamento da cerimônia.

Foto: Divulgação
Renan representou o interior no prêmio que recebeu grandes nomes da música brasileira

Já Renan, destacou a importância desse prêmio no ano em que ele comemora os 20 anos de carreira, deixando como fruto dessa trajetória sete discos e mais de 100 músicas gravadas.

“Quando recebi o prêmio passou um filme na minha cabeça, lembrei de todos os discos, dos shows, clipes, foram várias etapas até aqui, inclusive ganhei outros prêmios antes. Para mim o que pesou foi isso, a continuidade e a longevidade do meu trabalho. Estou sempre trabalhando e me aprimorando, não parei um só dia desde que comecei em Nova Odessa em 1999”, frisou o músico.

O artista ainda destaca a importância de uma premiação como essa ao hip hop brasileiro.

“O prêmio é nacional e eu concorri com artistas do Brasil inteiro representando o interior de São Paulo, mas sobretudo o hip-hop, que eu acredito não ter um sotaque ou um DDD específico. Acredito e trabalho para que minha arte seja cada vez mais universal, porque o rap já foi muito ‘guetizado’”.

Brasil

Além de finalistas do próprio Distrito Federal, foram premiados ainda artistas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Pará e da capital paulista.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora