17 de janeiro de 2022 Atualizado 22:00

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CRIANÇAS

Em Americana, Praça Malala tem sábado de histórias e brincadeiras

Atividades serão comandadas pela educadora Andréia Selegato, com participação de Aline Silva e Ariana Silva

Por Isabella Holouka

13 nov 2021 às 08:22

Contação de histórias e brincadeiras com participação gratuita tomam a Praça Malala neste sábado (13), a partir das 16 horas. Localizada na Rua Bolívia, no bairro Frezzarin, em Americana, a praça recebe a psicopedagoga, educadora musical, contadora de histórias e compositora de músicas infantis Andréia Selegato, em uma ação realizada com o apoio da lei Aldir Blanc em Americana.

Aberto às famílias, o evento terá contação de histórias, mediação de leitura, brincadeiras e sorteio de livros. Além de Andréia, participam a atriz, educadora e escritora Aline Silva, com sua personagem que incentiva a conscientização sobre a dengue, e a educadora e contadora de histórias Ariana Silva.

As atividades serão comandadas pela educadora Andréia Selegato (e), com a participação de Aline Silva e do personagem Godô – Foto: Claudeci Junior / O Liberal

A principal história da tarde será “Viajando na Leitura com Godô”, de autoria de Andréia, com a presença do mascote e personagem principal da narrativa. A história aborda a importância da leitura através de dois personagens inspirados em pessoas reais, que vivem em Americana: Seu Elias, que mantém uma biblioteca comunitária no Parque Novo Mundo, e Alyssa Tomiyama, escritora e contadora de histórias adolescente.

Esta é a primeira contação de histórias infantil em espaço público promovida pelas organizadoras desde o início da pandemia. “Aos poucos vamos retornando à normalidade, mas é claro que vamos levar álcool em gel e todos ficarão de máscaras”, ressaltou Andréia. 

“As crianças estão começando a sair mais de casa agora, e será um momento gostoso para elas interagirem com suas famílias, ao ar livre, e terem uma interação social. Elas vão se divertir brincando e ouvindo histórias. São atividades educativas que trazem aprendizados para as crianças”, pontua ainda.

Recuperada em 2019 por um grupo de moradores liderado pela jornalista Luiza Cazetta, a Praça Malala pode ter programações culturais mensais no ano que vem, através do projeto Malala Cultural, que foi paralisado com a pandemia. 

“Com o avanço da vacinação e os números de internações e mortes pela Covid-19 diminuindo no Estado e no município, tenho pensado em retomar as apresentações artísticas voltadas para o público infantil, com a participação de toda a família. Peças de teatro, contação de história, mágicos, enfim, sempre uma atividade cultural gratuita para as crianças”, falou Luiza ao LIBERAL.

A intenção é promover as atividades sempre no primeiro final de semana de cada mês.

Publicidade