25 de janeiro de 2021 Atualizado 20:40

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

A Cidade É Nossa

Taxa chata que bancos cobram

Por J.C. Nascimento

16 dez 2020 às 08:29

Veio no extrato do Banco do Brasil despesas para serem pagas de mensalidade do cartão. A pessoa ligou para o banco reclamando porque há 50 anos é correntista e nunca pagou taxas.
· · ·
A “fria” funcionária disse que podia dar desconto de 25% ou cancelar o cartão. “Começou bem” a semana, cancelando o cartão.
· · ·
Secretária do médico de Tomógenes liga na segunda-feira para “informar” que a consulta de terça estaria cancelada. Ele não vai atender mais este ano. Quando voltar eu te ligo.
· · ·
Xandão não aguentou e vibrou com a vitória sobre o São Paulo. Apesar de ele admirar Fernando Diniz, entendia que já estavam comemorando o título, esquecendo o que aconteceu com Luxemburgo no Porco.
· · ·
Gostou muito da atuação do Timão que marcou bem e se movimentou. Se continuar assim, vai dar trabalho para muitos times.
· · ·
“Climério Souza foi o primeiro corretor de imóveis de Americana com registro do Creci, em 02/20/1957. Vieram depois Arnaldo Moraes e Fausto Mantovani”. (Coluna de 07/06/1979)
· · ·
Padre Itamar completa sexta-feira, 41 anos de ordenação sacerdotal. Tem festa na paróquia.
· · ·
Nossas ruas: Antenor Polido (Residencial Tancredi/Bosque dos Ipês). Americanense de nascimento. Esportista que defendeu a cidade nas modalidades de atletismo, remo (tricampeão do interior) e futebol.
· · ·
Ficamos por aqui. Antes, pandemia, vacina, infectados, sarados, falecidos, governador e presidente (e muitos políticos), numa disputa que não acaba mais.

J.C. Nascimento

Coluna assinada pelo jornalista e corretor J.C. Nascimento. Há mais de 40 anos contando causos de Americana por meio de personagens já conhecidos do público.