23 de abril de 2024 Atualizado 17:35

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

políticas públicas

Prefeituras da região vão levantar número de cães e gatos em situação de rua

Objetivo é levantar dados precisos para a formulação de novas políticas públicas e aperfeiçoamento das já existentes

Por Cristiani Azanha

28 de março de 2024, às 08h15

As prefeituras da RPT (Região do Polo Têxtil) irão fazer o levantamento do número de cães e gatos, tanto os domiciliados como aqueles que estão nas ruas. A medida atende a convocação da Coordenadoria de Defesa e Saúde Animal do Governo do Estado para responder uma pesquisa sobre o tema, até o dia 15 de abril.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O objetivo é levantar dados precisos para a formulação de novas políticas públicas e aperfeiçoamento das já existentes em questões relativas ao bem-estar e controle populacional de cães e gatos de rua.

As prefeitura de Americana, Sumaré e Santa Bárbara d’Oeste informaram que irão responder a pesquisa, por meio de levantamento que ainda será realizado nos municípios.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Em Nova Odessa foi realizado um último censo em 2020. A administração afirma que as ações com animais são prioridade e vai aderir a pesquisa para atualizar o registro.

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e o DPBEA (Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal) de Hortolândia, anteciparam que esse levantamento já está sendo realizado por meio do aplicativo Agenda Verde, utilizado para o cadastro e castração de animais domiciliares na cidade.

Publicidade