24 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:17

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

POLÍCIA

PM detém 5 homens com 1,8 milhão de maços de cigarro contrabandeados em Sumaré

Carga havia chegado do Paraguai e seria repassada para estabelecimentos comerciais da região; caso será registrado na Polícia Federal

Por Rodrigo Alonso

02 de dezembro de 2023, às 16h53 • Última atualização em 02 de dezembro de 2023, às 17h04

Mercadoria estava sendo descarregada em um barracão - Foto: Polícia Militar/Divulgação

A PM (Polícia Militar) deteve cinco homens com pelo menos 1,8 milhão de maços de cigarro contrabandeados em Sumaré, na tarde deste sábado (2). A carga havia chegado do Paraguai e seria repassada para estabelecimentos comerciais da região.

Segundo o sargento Denilson Paulo de Araújo Zacarias, do 48º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), eles estavam descarregando o caminhão quando foram surpreendidos pelos militares, em um barracão localizado no condomínio empresarial Zeta, na Estrada Municipal Mineko Ito.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

No local, havia pelo menos 1,8 mil caixas de cigarro, cada uma com 50 pacotes, que contêm 20 maços cada. O caso será registrado na delegacia da Polícia Federal em Campinas.

De acordo com o sargento, durante patrulhamento, a equipe foi avisada pela direção do condomínio sobre a presença de pessoas em um barracão que deveria estar vazio.

Os militares se dirigiram até o local indicado. Nesse momento, um homem percebeu a presença da PM e do segurança do condomínio e tentou fugir pelos fundos, mas ele e três comparsas acabaram detidos após o cerco policial.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

Eles disseram ter sido contratados por um homem identificado como Galego para fazer o descarregamento. “Foi deixado o caminhão com eles”, afirmou Denilson.

Enquanto a PM atendia a ocorrência, o motorista do caminhão, que havia saído com um Fiat Palio para almoçar, estava voltando para o condomínio. O segurança percebeu o retorno do suspeito e já avisou os militares, que conseguiram detê-lo.

Até por volta das 16h30, a equipe policial ainda estava no local preparando o caminhão para levá-lo à delegacia. O suposto mandante, identificado como Galego, não foi encontrado.

Publicidade