15 de abril de 2021 Atualizado 12:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Santa Bárbara

Morador apela por retirada de poste em frente a garagem de sua casa

Problema causa transtorno há 18 anos para os moradores na Rua Mombuca

Por Natália Velosa

30 nov 2020 às 08:18 • Última atualização 30 nov 2020 às 10:13

Um poste de madeira localizado no meio da garagem de uma casa na Rua Mombuca, em frente ao número 717, no Jardim das Laranjeiras, em Santa Bárbara d’Oeste, vem causando transtornos há 18 anos para os moradores.

Moradores sofrem com o problema há 18 anos – Foto: Divulgação

De acordo com o morador Luiz Gama, de 20 anos, o poste já estava no local antes deles se mudarem para a casa atual, que já estava pronta. O poste foi colocado antes dos antigos moradores aumentarem a garagem e foi por esse motivo que a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) Energia não o removeu do local até hoje.

Porém, o morador conta que o problema é que o poste é de madeira, está torto e sua estrutura por baixo da calçada está comprometida. Por isso, teme que acidentes possam acontecer.

“É um dilema toda vez para entrar com o carro na garagem. Não consigo tirar somente um carro se tiver dois na garagem. Vivo fazendo manobras, os carros sempre estão ralados”, relatou.

Estrutura do poste está comprometida – Foto: Divulgação

O LIBERAL entrou em contato com a CPFL Energia, responsável pelo serviço, que explicou que em casos como esse, a responsabilidade de remover o poste do local é do morador.

Entretanto, o caso em questão gerou uma exceção por conta da troca do material de madeira para o de concreto, que faz parte do plano de manutenção da companhia.

Confira a nota completa da empresa:

A CPFL Paulista informa que o poste mencionado estava no local antes da ampliação da garagem do cliente e, portanto, conforme a resolução 414 da Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), os custos de remoção do equipamento são de responsabilidade do interessado. 

Porém, neste caso específico (Rua Mombuca), como o poste de madeira já encontra-se no plano de manutenção da companhia, com previsão para a substituição por material de concreto até o início do próximo ano, a empresa fará a alteração, também, do local em que o equipamento se encontra, desobstruindo a entrada da garagem. Vale destacar que trata-se de um caso pontual, tendo em vista que o poste já estava incluso na programação de manutenção da CPFL.

LIBERAL NAS RUAS: Viu algo de errado no seu bairro? Um buraco na rua, um vazamento ou uma obra parada? Escreva para redacao@liberal.com.br ou envie mensagem para o WhatsApp do LIBERAL, no (19) 99271-2364, clicando aqui.

Publicidade