Inconformada com demora, mulher danifica cadeira de rodas do Afonso Ramos

Secretaria de Saúde nega que houve lentidão no pronto atendimento; caso foi parar no plantão policial do município


Uma paciente quebrou um acessório de uma cadeira de rodas do Pronto-Socorro Dr. Afonso Ramos, em Santa Bárbara d´Oeste, na madrugada desta segunda-feira (9). Segundo informações iniciais, a mulher estava com dor de cabeça e ficou irritada com a demora no atendimento.

A Secretaria de Saúde nega que houve lentidão no pronto atendimento e não soube precisar o valor do dano. O caso foi parar no plantão policial do município.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

De acordo com o boletim de ocorrência, os guardas municipais foram chamados até a unidade de saúde por volta das 3h20, pois uma mulher tinha tido um “ataque nervoso” e quebrado uma cadeira de rodas. Quando chegaram no local, a paciente já tinha sido medicada e estava em observação. As testemunhas disseram que ela tinha surtado momentos antes e quebrado o apoio direito da cadeira de rodas.

Por meio de assessoria de imprensa, a Secretaria de Saúde negou a demora no atendimento e disse que até o momento não tem o valor do prejuízo do patrimônio danificado.

“A pasta ressalta que a paciente deu entrada na unidade às 2h46, tendo sido medicada às 3h, o que remete a um tempo de espera de 14 minutos para o atendimento e a medicação. Quanto ao reparo do equipamento, a Secretaria de Saúde ainda levanta o valor estimado”, trouxe a nota.

O caso foi registrado como dano no plantão policial de Santa Bárbara d´Oeste.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição desta semana do podcast “Além da Capa” aborda substituição da mão de obra de pessoas mais velhas por outras mais novas na RPT (Região do Polo Têxtil). Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora