Fogueira na represa da Areia Branca vai parar na delegacia

Três homens que estavam pescando no local foram averiguados por conta do fogo em uma área de proteção ambiental


Um ajudante de pedreiro de 42 anos e dois colegas dele foram levados para o Plantão Policial de Santa Bárbara d’Oeste por fazerem uma fogueira em uma área de mata, às margens da represa da Areia Branca. O caso aconteceu por volta das 5h de sábado (22), quando a equipe de Patrulha Ambiental da Guarda Civil encontrou a fogueira em meio à mata ciliar.

Foto: Guarda Civil Municipal / Divulgação
Trio foi parar na delegacia por conta de uma fogueira em área de proteção ambiental

Ao averiguar o local, os guardas descobriram que pescadores teriam acampado no local. Enquanto faziam a vistoria, um barco, conduzido pelo ajudante que é pescador profissional, encostou na margem.

Foram encontradas redes e vários peixes das espécies tucunaré, tilápia, cascudo, cará, bagre, traíra e piranha. Apesar de não terem sido encontradas irregularidades na pesca, os três foram levados para o Plantão Policial por conta da fogueira em área de proteção ambiental.

Os guardas disseram que a fogueira foi feita em desacordo com as normas de preservação do meio ambiente e estava danificando a vegetação rasteira e o solo nas proximidades da represa. Após serem ouvidos, eles foram liberados.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora