Estudante tenta matar avô a marteladas e é preso em Santa Bárbara

Ele relatou aos policiais que perdeu a cabeça depois que o idoso disse que ele era "vagabundo" e não ajudava em casa


Um estudante trans de 21 anos foi preso em flagrante após tentar matar seu avô, de 71 anos, a marteladas na noite desta segunda-feira (23). O crime aconteceu na Vila Boldrin, em Santa Bárbara d’Oeste.

A relação dos dois já não era boa e a vítima teria sido ameaçada outras vezes, disseram testemunhas ouvidas pela Polícia Civil. O autor do crime alegou ter perdido a cabeça depois que o avô disse que ele era “vagabundo” e que não ajudava em casa. Ele, porém, nega ter tido a intenção de matar.

As informações constam em um boletim de ocorrência registrado no plantão policial da cidade. Depois da discussão, o estudante pegou o martelo e acertou a cabeça do avô com o objeto diversas vezes.

A vítima ainda tentou se defender e levou marteladas também nas mãos e nas costas. A agressão só foi parada depois que a mãe e o irmão do indiciado intervieram. O idoso foi levado até o Pronto Socorro Edson Mano, onde recebeu todos os atendimentos, ficou em observação e teve alta na manhã desta terça.

Em depoimento, a mãe do estudante disse que o filho tinha deixado uma mochila pronta antes do crime. O delegado responsável determinou a prisão em flagrante do indivíduo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora