20 de janeiro de 2021 Atualizado 19:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

TRÊS MESES DEPOIS

DIG e PM prendem suspeito pelo homicídio de jovem em outubro em Santa Bárbara

Suposto atirador era o namorado de Akauane Liandra Rodrigues, de 21 anos, e teria acertado a vítima sem querer

Por Rodrigo Alonso

09 jan 2021 às 12:38 • Última atualização 09 jan 2021 às 14:06

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana prendeu nesta sexta-feira (8), com o apoio da PM (Polícia Militar), o suspeito pelo homicídio de Akauane Liandra Rodrigues. Ela morreu baleada em 4 de outubro, aos 21 anos, quando saía de uma festa privada no Cândido Bertine II, em Santa Bárbara d’Oeste.

O suposto atirador é Adriano Alves, de 38 anos. Ele mantinha um relacionamento com a vítima e teria atingido Akauane sem querer.

Segundo o delegado da DIG, José Donizeti de Melo, o crime aconteceu durante uma discussão entre Akauane e outra jovem, ainda não identificada pela polícia. Adriano tentou atirar contra essa outra jovem, mas acertou sua acompanhante.

Akauane teria sido baleada enquanto discutia com outra jovem – Foto: Reprodução – Facebook

Após investigação, a delegacia pediu pela prisão temporária – validade de 30 dias – de Adriano por homicídio. “A gente juntou provas e pediu a prisão temporária dele”, disse Donizeti, que ainda investiga o caso.

O acusado foi capturado pela PM na tarde desta sexta, por volta das 15h45. Os militares encontraram Adriano quando atendiam uma ocorrência de desinteligência em Santa Bárbara, no bairro Cidade Nova II.

Segundo a corporação, havia “diversas pessoas”, que correram para direções diferentes após a chegada da viatura. A equipe notou que um homem havia jogado uma chave de carro no quintal de uma residência.

A PM, então, abordou o sujeito, que era Adriano. Como ele já era conhecido no meio policial, os militares fizeram contato com a DIG, que confirmou a existência de um mandado de prisão contra o suspeito.

A chave vista pela equipe pertence a um Ford Focus que estava estacionado nas proximidades. Dentro do veículo, os policias localizaram uma balança de precisão, dois baldes, uma panela e uma concha com resquícios de drogas, dois aparelhos celulares e a quantia de R$ 200.

Diante dos fatos, a PM conduziu o acusado para a DIG, onde Donizeti formalizou a prisão dele e determinou a apreensão do veículo e dos objetos.

Publicidade