28 de maio de 2022 Atualizado 13:47

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Santa Bárbara

Diagnosticado com Covid-19, vereador Felipe Corá segue internado em Americana

Segundo Eliel Miranda (PSD), o quadro de saúde do colega parlamentar está evoluindo, ‘mas precisando de oxigênio’

Por Caio Possati

24 Janeiro 2022, às 17h10 • Última atualização 24 Janeiro 2022, às 17h11

Felipe Corá foi internado com quadro de insuficiência respiratória - Foto: Reprodução

Testado positivo para o novo coronavírus (Covid-19) no último sábado (22), o vereador de Santa Bárbara d’Oeste Felipe Corá (Patriota) segue internado no hospital Unimed, em Americana, com quadro de insuficiência respiratória. De acordo com o vereador Eliel Miranda (PSD), o quadro do colega está “evoluindo bem, mas precisando de oxigênio”, disse o parlamentar ao LIBERAL na tarde desta segunda-feira.

Não é a primeira vez, neste ano, que Corá é submetido a uma internação por problemas de saúde. No último dia 11, o vereador precisou ser levado para hospital da Unimed por conta de um mal súbito “causado por excesso de estresse”. O problema fez o vereador pedir o afastamento temporário de 15 dias dos trabalhos no Legislativo.

“Ainda estou de licença médica, me recuperando de um mal súbito que sofri há duas semanas. Já neste sábado, fui surpreendido, testei positivo para Covid-19 e infelizmente tive de ser internado novamente devido a um quadro de insuficiência respiratória” escreveu o vereador em suas redes sociais.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Surto
Somente na última semana, outros três vereadores barbarenses também foram contaminados com a Covid-19: o presidente da Câmara, Joel Cardoso (PV); o vice, Carlão Motorista (PV); e Isac Sorrillo (Republicanos).

Os dois primeiros já estavam afastados desde a semana passada por conta da doença e devem voltar a trabalhar presencialmente em breve. Já Isac Sorrillo, diagnosticado no último sábado, deve ficar isolado pelos próximos dias. Ele apresenta apenas sintomas leves, de acordo com a assessoria de comunicação da Câmara. 

Além dos quatro casos positivos da última semana, os vereadores Arnaldo Alves (PSD) e Esther Moares (PL) também foram infectados recentemente e precisaram ficar em isolamento.

A vereadora Esther chegou a ser contaminada duas vezes: “A primeira vez que peguei foi em agosto [de 2021], e ainda não tinha sido liberada a vacina para o meu grupo. Eu tive sintomas fortes e sequelas que trato até hoje”, disse a parlamentar ao LIBERAL.

A vereadora reforçou que a vacinação foi importante para ela sentir menos o impacto da doença na segunda contaminação. “Os próprios médicos falam que, se eu não estivesse com a vacina em ordem, [a segunda contaminação] seria bem pior”, concluiu.

Publicidade