11 de agosto de 2020 Atualizado 23:10

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Unicamp deve testar vacina contra coronavírus em 30 dias

A CoronaVac, desenvolvida em parceria com farmacêutica chinesa, será aplicada em 500 profissionais de saúde voluntários

Por George Aravanis

18 jul 2020 às 07:39

O HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp informou que vai iniciar em 30 dias a testagem da CoronaVac, a vacina em fase final de testes contra o novo coronavírus (Covid-19), em 500 profissionais de saúde voluntários.

A ação é resultado de parceria entre a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech e o Instituto Butantan para aplicar as doses em 9 mil voluntários brasileiros.

Além da Unicamp, outros 11 centros de pesquisa do País vão integrar a fase final de testes. Antes do início da aplicação, a estrutura do HC será preparada e vistoriada pela equipe do Butantan, segundo a assessoria de imprensa da Unicamp.

Os profissionais de saúde interessados em participar dos testes podem acessar o site https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/vacina/ para saber se atendem aos critérios de recrutamento. As inscrições de voluntários diretamente no HC devem começar em breve, segundo a Unicamp, e serão detalhadas no site do hospital (hc.unicamp.br).

Podem se inscrever quaisquer profissionais de saúde que atuem no atendimento a pessoas com Covid-19 e não tenham sofrido infecção causada pelo novo coronavírus nem participado de outros estudos.

As mulheres não podem estar grávidas nem planejar gravidez para os próximos três meses. Os voluntários também não podem ter doenças instáveis ou que exijam medicação que altere a resposta imune.

A vacina já passou por duas fases de testes em grupos menores de pessoas na China e, agora, terá testada sua eficácia e segurança, ou seja, se protege as pessoas com o mínimo possível de reações adversas.