23 de abril de 2024 Atualizado 17:35

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Região

Mais da metade das escolas estaduais da região já possui ensino integral

Durante a implantação, tiveram prioridade unidades que atendam estudantes em situação de maior vulnerabilidade socioeconômica

Por Cristiani Azanha

02 de março de 2024, às 09h37

A RPT (Região do Polo Têxtil) conta com mais da metade das escolas estaduais com ensino integral. A Secretaria Estadual de Educação informou que são 88 escolas de um total de 142.

O MEC (Ministério de Educação e Cultura) prevê assistência técnica e financeira para a criação de matrículas em tempo integral (igual ou superior a 7 horas diárias ou 35 horas semanais). 

Na implantação têm prioridade escolas que atendam estudantes em situação de maior vulnerabilidade socioeconômica.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Na região, Americana é o município com o maior número de unidades em período integral (27), seguido de Santa Bárbara d’Oeste (25), Sumaré (18), Hortolândia (15) e Nova Odessa (3).

A professora Zenaide Honório, diretora da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) diz que a entidade não tem uma pesquisa sobre a qualidade da educação com a implantação.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

“A escola de ensino integral é uma modalidade que sempre defendemos, mas esse modelo no Estado de São Paulo foi implantado de forma meio autoritária, muitas vezes fazendo discussão nas escolas sem levar em consideração o  ensino noturno, a educação de jovens e adultos. Fechou-se o noturno, que é a modalidade que atende ao jovem trabalhador”, afirma.

INSCRIÇÃO

Segundo a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, os alunos interessados em estudar em período integral podem garantir matrícula neste 2º semestre.

A pasta está com inscrições abertas para o ensino fundamental e médio das escolas de tempo integral.

No modelo paulista, os alunos cumprem uma jornada diária de até nove horas e têm à disposição currículo com astronomia, empreendedorismo, arquitetura e ciência forense.

Para fazer a matrícula, basta comparecer a uma unidade da rede estadual que funciona em tempo integral e verificar se há possibilidade de ingresso imediato ou a partir do próximo ano.

Atualmente, 492 escolas estaduais funcionam com carga horária superior a 7 horas. É necessário apresentar documento original (RG ou certidão de nascimento) e recomendado portar o histórico escolar.

Publicidade