23 de abril de 2024 Atualizado 17:35

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Saúde

Americana e região vão receber 17.320 doses da vacina contra dengue

A campanha foca na faixa etária de 10 a 14 anos, dentro do PNI (Plano Nacional de Imunização)

Por Ana Carolina Leal

02 de abril de 2024, às 08h02

A remessa faz parte de um lote de 266.281 doses destinadas a 50 municípios do Estado de São Paulo - Foto: Walterson Rosa_MS

A RPT (Região do Polo Têxtil), que abrange os municípios de Americana, Hortolândia, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré, receberá 17.320 doses da vacina contra a dengue, conforme anunciado pelo Ministério da Saúde.

A remessa faz parte de um lote de 266.281 doses destinadas a 50 municípios do Estado de São Paulo, visando combater o avanço da doença.

O CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica) do Estado de São Paulo confirmou o envio após receber a nota técnica do Ministério da Saúde, que ainda não especificou a data de entrega das vacinas.

As doses visam dar continuidade à campanha de vacinação que já está em andamento em diversas regiões, incluindo o Alto Tietê, que receberá 11.640 doses adicionais.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Segundo o Ministério da Saúde, a campanha atual foca na faixa etária de 10 a 14 anos, dentro do PNI (Plano Nacional de Imunização).

No entanto, dada a limitação no número de doses disponíveis neste momento, a recomendação é iniciar a vacinação pelas idades de 10 e 11 anos, com o objetivo de ampliar o acesso à imunização de forma mais ágil.

Sumaré, que lidera a lista com o maior número de casos de dengue (1.023) registrados até agora, deverá receber 5.334 doses. Hortolândia e Americana, com 415 casos confirmados cada um, estão programadas para receber, respectivamente, 4.298 e 3.650 doses.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Santa Bárbara d’Oeste, com 997 casos, espera 2.959 doses, enquanto Nova Odessa, que declarou estado de emergência devido ao alto número de infectados, receberá 1.079 doses.

Efeitos

Apesar da boa notícia, especialistas alertam que os efeitos da imunização só devem ser notados a partir de 2025.

Isso se deve à limitação da faixa etária alvo e ao fato de que a proteção efetiva se dá após a administração da segunda dose da vacina, o que pode coincidir ou suceder o fim da atual epidemia.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

O LIBERAL contatou as cinco prefeituras da região para saber se havia alguma estratégia para a vacinação, mas só Americana e Santa Bárbara se pronunciaram, afirmando que estão no aguardo das diretrizes técnicas do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde para definição dos trabalhos.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade