08 de agosto de 2020 Atualizado 20:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Até R$ 5 mil

Em Nova Odessa, deixar lixo na rua vai gerar multa de até R$ 5 mil

Segundo prefeitura, colocar lixo na rua ou na calçada agora vai pesar no bolso do cidadão e valor começa em R$ 500, mas sobre em caso de reincidência

Por Danilo Reenlsober

08 dez 2019 às 17:58 • Última atualização 08 dez 2019 às 19:17

Colocar lixo na rua ou na calçada, fora das lixeiras, vai pesar no bolso do cidadão de Nova Odessa. A prefeitura informou na última semana que vai multar quem for flagrado colocando sacos de lixo em calçadas, ruas, canteiros de avenidas e passeios públicos em geral, no perímetro urbano da cidade.

As multas variam de R$ 500 (primeira infração) a R$ 5 mil (em casos de reincidência). Denúncias também podem ser feitas por moradores e os casos relatados serão investigados.

Para iniciar essa ação, a administração informou que se baseou no artigo 2º da Lei Municipal 2.883/2014, que proíbe “o descarte, depósito ou qualquer outra forma de despejo de lixo ou resíduo (…) em terrenos baldios, calçadas e quaisquer outras áreas públicas ou privadas”.

Foto: Prefeitura de Nova Odessa / Divulgação
A partir de agora, o descarte ilegal de lixo doméstico vai gerar multa de até R$ 5 mil em Nova Odessa

Podem gerar a cobrança materiais como utensílios domésticos, galhos, folhas e gramíneas, restos de materiais de construção, embalagens e quaisquer outros tipos de resíduos fruto de descarte residencial, comercial ou industrial “que possam provocar sujeira, dano ou poluição visual”.

Na semana passada, a Secretaria de Meio Ambiente iniciou uma nova campanha de conscientização para orientar os moradores sobre as formas corretas de descarte do lixo doméstico.

“Primeiro, estamos conscientizando as pessoas sobre a importância do descarte correto do lixo. O lixo doméstico deve ser depositado na lixeira individual de cada família ou em um dos 100 contêineres instalados pela Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa), nunca em ruas, calçadas, canteiros e praças”, afirmou a diretora de Meio Ambiente, Aryhane Massita.

Já os materiais recicláveis como papel, plástico, vidro e alumínio precisam ser separados, levados a um dos LEVs (Locais de Entrega Voluntária) ou recolhidos pela Coopersonhos.

“Restos de construção, podas de árvore, folhas, móveis velhos e eletrodomésticos devem ser encaminhados ao Ecoponto do Jardim Monte das Oliveiras. Lâmpadas fluorescentes de uso doméstico podem ser descartadas no posto instalado no supermercado São Vicente”, ressaltou a diretora.

A população pode fazer denúncias pelo telefone 3476-5728.

FAÇA O DESCARTE CORRETO

LIXO COMUM

Lixeiras domésticas individuais ou coletivas (condomínios)
Contêineres de coleta espalhados pela cidade

RECICLÁVEIS

LEVs (locais de entrega voluntária):
Bosque Manoel Jorge
Rua Quinze de Novembro, 864 – Jardim Santa Rosa
Parque Ecológico Isidoro Bordon
Rua João Bolzan, 110 – Mathilde Berzin

Coopersonhos

Telefone: 3476-5506

RESTOS DE CONSTRUÇÃO, MÓVEIS, ELETRODOMÉSTICOS, MADEIRA, GALHOS

Ecoponto: Rua Vilhelms Rosenbergs, s/nº – Jardim Monte das Oliveiras

LÂMPADAS FLUORESCENTES

Reciclus/São Vicente: Avenida Ampélio Gazeta 2.799

PILHAS E BATERIAS

  • Ecoponto: Rua Vilhelms Rosenbergs, s/nº – Jardim Monte das Oliveiras
  • Bosque Manoel Jorge: Rua Quinze de Novembro, 864 – Jardim Santa Rosa
  • Parque Ecológico Isidoro Bordon: Rua João Bolzan, 110 – Mathilde Berzin
  • Paço Municipal: Avenida João Pessoa, 777 – Centro
  • Etec ‘Ferrucio Humberto Gazzetta’: Avenida São Gonçalo, 2770 – Jardim Alvorada
  • UBS V: Rua das Imbuias, 355 – Jardim Alvorada
  • Secretaria de Educação: Avenida Carlos Botelho, 30 – Centro
  • CAS do Jardim São Jorge: Rua Florianópolis, 305
  • Emefei ‘Profª Augustina Adamson Paiva’: Rua Porphirio Antônio Preto, 333 – Jardim São Francisco
  • Ginásio de Esportes ‘Oswaldo Bassi’: Rua Batista Boldrini, s/nº – Jardim Santa Luiza
  • Garagem Municipal: Rua José Francisco da Silva, s/n° – Parque Industrial Fritz Berzin
  • Ginásio de Esportes ‘Adriana Daniel de Camargo – ‘Adrianinha’: Rua Sigesmundo Anderman, 793, Jardim São Manoel
  • São Vicente: Avenida Ampélio Gazeta 2.799.

ANIMAIS MORTOS

Setor de Zoonoses: Telefone: 3466-3972.