Dupla acusada de cegar mecânico em tentativa de homicídio é presa

Delegacia de Investigações Gerais de Americana descobriu que pai e filho, acusados do crime, estavam morando em Nova Odessa e realizou a prisão


A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana prendeu nesta quinta-feira (9), em Nova Odessa, dois homens, pai e filho, que respondem na Justiça por uma tentativa de homicídio a um mecânico em Lins, em 2018. A vítima ficou cega de um olho com a pancada que recebeu na época.

Foto: DIG Americana / Divulgação
Dupla foi presa na manhã desta quinta-feira, em Nova Odessa

Ao LIBERAL, o delegado José Donizete de Melo, delegado titular da DIG, disse que policias de Lins entraram em contato com as autoridades da região há uma semana para avisar da suspeita de que a dupla estivesse em Nova Odessa. Eles moravam na Rua Roberto Sprogis, no Parque Fabrício.

Após um trabalho investigativo, os agentes descobriram o paradeiro deles e fizeram a prisão na manhã desta quinta – eles não resistiram à prisão e foram encaminhados ao CDP (Centro de Detenção Provisória de Americana), onde permanecem à disposição da Justiça.

De acordo com a DIG, o crime supostamente cometido pelos dois foi gravado por câmaras de segurança da mecânica. A agressão ocorreu em dezembro de 2018 e teria sido motivada por uma dívida de R$30 referente ao casco de uma bateria automotiva.

O mecânico foi atingido por um pé de cabra e perdeu a visão de um dos olhos. A prisão preventiva da dupla foi decretada em 2018 e desde então eles estavam foragidos.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora