Desistência de locação ‘trava’ reforma do velório de NO

Prefeitura procura outro local para instalar o velório provisório, antes de iniciar a reforma na estrutura definitiva


Anunciada no final de abril, com previsão de início em 15 dias, a reforma do Velório Municipal de Nova Odessa ainda não começou porque a prefeitura não conseguiu alugar um imóvel para abrigar a atividade durante a obra.

A administração chegou a publicar a dispensa de licitação para assinar o contrato de locação de um espaço, na Avenida João Pessoa, mas o proprietário desistiu da negociação.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal_26.4.2019
Projeto de reforma está orçado em R$ 315 mil; município procura outro local para instalar velório

“Às vésperas da assinatura do contrato, o proprietário do imóvel em questão entendeu que o valor de mercado apurado pela prefeitura estava abaixo do desejado e desistiu da locação”, afirmou a assessoria de imprensa da prefeitura.

A anulação do processo administrativo que resultaria na contratação foi publicada esta semana no Diário Oficial do município.

O projeto de reforma está orçado em R$ 315 mil, com recursos liberados a pedido do deputado estadual e presidente da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), Cauê Macris (PSDB).

O projeto prevê a ampliação do espaço, que passará a contar com duas salas, além de melhorias na acessibilidade, a troca de rede elétrica, adaptação da jardinagem e ar-condicionado.

O município procura outro local para instalar o velório provisório, antes de iniciar a reforma na estrutura definitiva. Não há um novo prazo para o início das obras. A licitação para a execução das intervenções já foi concluída. Após a emissão da ordem de serviço, o prazo para conclusão dos trabalhos é de 6 meses.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora