26 de maio de 2024 Atualizado 20:10

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SANEAMENTO

Com atuação em Hortolândia, Sabesp terá redução de tarifa após privatização, diz Estado

Diminuição no valor chegará a 10% nas categorias social e vulnerável; residencial, comercial e industrial também serão impactadas

Por Lucas Ardito*

19 de abril de 2024, às 09h13

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), que atende Hortolândia, terá redução nas tarifas de saneamento com a privatização da companhia. O anúncio foi feito na noite desta quarta-feira (17) pelo Governo do Estado.

Estação de Tratamento de Esgoto de Hortolândia é administrada pela Sabesp – Foto: Divulgação/Sabesp

O projeto foi aprovado na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) em dezembro do ano passado, mas obrigatoriamente precisa passar pela Câmara de Vereadores de São Paulo, pois a capital paulista representa 55% do faturamento da companhia. Nesta quarta, a Casa aprovou em primeira discussão o texto que autoriza o município a aderir à privatização.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A diminuição do valor será para diferentes categorias, com maior impacto na social e na vulnerável, que chega a 10%. Já a tarifa residencial será diminuirá em 1%, enquanto a comercial e industrial cairá 0,5%. Para ter direito à tarifa social ou vulnerável, que são as de maior redução, a família precisa estar no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais).

Destinação

A tarifa social é destinada a quem tem renda familiar per capita de R$ 218 até meio salário mínimo. Por outro lado, a tarifa vulnerável pode ser aplicada aos que têm renda familiar per capita de até R$ 218, estando na primeira faixa do CadÚnico. Nos dois casos, a redução será de 10%.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

“É um desconto extremamente relevante, a gente está falando em 10% e consegue garantir isso. Sempre falamos que nosso foco é o vulnerável e a tarifa social”, disse o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), que ressaltou a possibilidade de mais investimentos na área.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

“Também estamos falando em investir mais de R$ 250 bilhões até o final do período de concessão, sendo que R$ 64 bilhões serão investidos até 2029 para que a gente alcance a universalização”, concluiu Tarcísio.

*Estagiário sob supervisão de Diego Juliani.

Publicidade