19 de abril de 2021 Atualizado 17:07

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Campinas

Centros de saúde atendem 2.015 pessoas no final de semana

Atendimento exclusivo para pessoas com quadros suspeitos de Covid nessas unidades teve por objetivo reduzir a procura nos Prontos-Socorros e Unidades de Pronto Atendimento

Por Milton Paes

22 mar 2021 às 16:40 • Última atualização 22 mar 2021 às 16:41

De acordo com Deise Hadich, se a demanda continuar alta no decorrer desta semana, a estratégia de abrir as unidades pode se repetir - Foto: Carlos Bassan - Prefeitura de Campinas

A prefeitura de Campinas avaliou de forma positiva a abertura dos 14 Centros de Saúde da cidade no fim de semana. As unidades foram abertas no sábado (20) e domingo (21) e receberam 2.015 pacientes com sintomas respiratórios ou gripais. O atendimento exclusivo para pessoas com quadros suspeitos de Covid nessas unidades teve por objetivo reduzir a procura nos Prontos-Socorros e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Rede Mário Gatti.

“Todos os casos considerados graves que foram atendidos nos 14 Centros de Saúde foram removidos pelo Samu para atendimento em ambiente hospitalar”, esclareceu a diretora de saúde de Campinas, Deise Fregni Hadich.

De acordo com Deise Hadich, se a demanda continuar alta no decorrer desta semana, a estratégia de abrir as unidades pode se repetir nos próximos sábado e domingo. “Vamos avaliar os números”, disse.

De todas as unidades, o CS da Vila Ipê foi o mais procurado, tendo realizado 126 atendimentos só no domingo.

“Tivemos uma quantidade muito significativa e, embora tenha ficado acima das nossas expectativas, a equipe estava preparada e todos que nos procuraram foram atendidos”, contou Hadich.

Sintomas

Pessoas com sintomas respiratórios e gripais, mesmo que leves, devem procurar o CS para avaliação do profissional de saúde e, se necessário, fazer exame específico porque pode ser Covid-19.

A médica infectologista Valéria de Almeida, do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) de Campinas, explica que a infecção pelo coronavírus pode causar tanto quadros leves quanto quadros graves.

“É muito importante que a população saiba que sintomas leves podem ser sim infecção pelo coronavírus. E qualquer pessoa que tiver estes sintomas precisa procurar atendimento médico para fazer o exame específico para detectar o vírus”, explicou.

“Com estes sintomas, uma pessoa é capaz de transmitir o vírus para outras desde dois dias antes do início dos sintomas até dez dias depois dos primeiros sinais. Por isso que é importante procurar atendimento médico o quanto antes e seguir as orientações”, completou.

Publicidade