06 de maio de 2021 Atualizado 23:59

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Saúde

Casos de dengue avançam e já são 800 em Campinas

No começo do mês, em 8 de abril, a cidade tinha 571 casos, passando a ter mais 271 registros de lá para cá

Por Milton Paes

27 abr 2021 às 23:30

A Secretaria de Saúde de Campinas divulgou nesta terça-feira (27) novos dados de dengue no município. Em pouco menos de quatro meses, a cidade registra 800 casos da doença. As regiões Sudoeste e Norte lideram em número de registros, com 214 e 167 ocorrências, respectivamente. Na sequência estão as regiões Noroeste, com 159; Sul, com 134; e a Leste, com 126.

Prefeitura de Campinas segue com ações de combate à dengue na cidade – Foto: Prefeitura de Campinas / Divulgação

Em 20 dias, houve um aumento de 271 novos casos da doença, já que em 8 de abril o número de casos envolvia 529 pessoas. A região Norte foi a que no período teve o maior número de casos registrados, passando de 91 para 167, com um crescimento de 76 ocorrências. A região Sudoeste passou de 152 para 214, aumentando 62 casos.

A prefeitura mantém um programa de controle e prevenção da doença por meio do Comitê de Prevenção e Controle das Arboviroses. Cada cidadão, porém, precisa fazer a sua parte, destinando corretamente os resíduos e evitando criadouros.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Segundo o Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde), 80% dos criadouros estão dentro de casa. Por isso, a luta contra a dengue exige uma contrapartida de toda a sociedade.

Para acabar com a proliferação do mosquito, os vasos de plantas aquáticas devem ter a água trocada semanalmente e os pratinhos dos vasos devem ser eliminados.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Também é preciso remover latas, pneus e outros objetos que possam acumular água. É importante, ainda, vedar a caixa d’água e limpar a calha. Os vasos sanitários que não estão sendo usados devem ficar fechados, assim como os ralos.

Publicidade