21 de abril de 2021 Atualizado 00:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Campinas

Campinas muda regras para comércios, bares e restaurantes

A partir desta quarta, comércios poderão adotar o sistema drive-thru e bares e restaurantes poderão utilizar o sistema take away

Por Milton Paes

06 abr 2021 às 20:55

Panutto reforça que é essencial que sejam mantidas todas as medidas sanitárias - Foto: Manoel de Brito - PMC

A prefeitura de Campinas vai liberar a partir desta quarta-feira (7) o sistema drive-thru para os estabelecimentos comerciais e de serviços.
Também está autorizada o take away para estabelecimentos de alimentação.

Os clientes poderão retirar seus pedidos do lado de fora, permanecendo proibida a entrada de clientes em bares, restaurantes e similares. A medida será publicada no Diário Oficial do município nesta quarta-feira e entra em vigor automaticamente. O anúncio foi feito nesta terça-feira
(6) durante transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Acompanhe a cobertura do LIBERAL sobre Campinas

“São duas alterações simples, mas que atendem, com segurança, demandas das áreas de comércio e de materiais de construção. Mas é importante ressaltar que cada estabelecimento terá que se organizar para, no caso do drive-thru, o cliente não sair do carro e, no caso de take away, a retirada tem que ser do lado de fora”, explicou Peter Panutto, secretário de Justiça.

O drive-thru está permitido até as 20h para todos os serviços. O delivery continua autorizado dentro do limite de horário regular do estabelecimento. Panutto reforça ainda que é essencial que sejam mantidas todas as medidas sanitárias, como distanciamento, uso de máscaras e álcool em gel.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), de Campinas e região, recebeu muito bem a liberação do take away para o setor. A medida já havia sido autorizada pelo Estado na semana passada e foi solicitada pela entidade no último dia 22, durante reunião com o prefeito Dário Saadi (Republicanos) e com o presidente da Câmara de Campinas, vereador Zé Carlos (PSB).

Até então, bares e restaurantes podiam operar somente com delivery e drive thru até às 20h, seguindo o Plano Emergencial. Este sistema, por ser caro, com taxa de até 25% para os aplicativos e exigir grande infraestrutura, excluía grande parte dos micros e pequenos estabelecimentos comerciais.

A permissão de retirada no estabelecimento traz um pequeno alivio para estes estabelecimentos e os de médio e grande porte, uma vez que o setor vem operando com grandes prejuízos e sem caixa para pagamento de contas e salários dos funcionários. Por ter horário restrito e de pouco contato entre as pessoas, o take away não trará consequências para o combate à pandemia, uma vez que os bares e restaurantes operam com todas as normas sanitárias exigidas.

O presidente da Abrasel, Matheus Mason, acredita que prefeitos da RMC devam seguir a mesma linha de Campinas, liberando a retirada, uma vez que ela já foi autorizada pelo Estado, atendendo um pedido da própria entidade, mas que depende de regulamentação municipal.

Publicidade