Vigilância captura 20 mil escorpiões em Americana

Técnicos intensificaram buscas de aracnídeos; número é 40% maior que em 2018


O PVCE (Programa de Vigilância e Controle de Carrapatos e Escorpiões) capturou 20 mil escorpiões em Americana neste ano. A quantidade é recorde, segundo a prefeitura, e 40% maior do que o ano passado, quando foram encontrados 14,3 mil aracnídeos.

Foto: João Carlos Nascimento/O Liberal
Terreno do Jardim Boer acumula sujeira e atrai escorpiões

Segundo a assessoria de imprensa do governo municipal, o crescimento deve-se à intensificação das atividades de captura noturna realizadas pelos técnicos do PVCE. O número de acidentes com picadas de escorpião caiu – foram 427 neste ano, ante 484 no ano passado.

A maior parte dos aracnídeos é encontrada nos dois cemitérios do município (Saudade e Parque Gramado), de acordo com a assessoria de imprensa.

“Achei na porta, embaixo da cama, saindo do ralo do banheiro”, conta a professora Beatriz Fernanda de Souza Silva, de 39 anos, moradora do Jardim Boer.

Há oito anos morando no bairro, ela e o marido, o inspetor de qualidade Eliezer Luiz da Silva, de 41 anos, já perderam as contas de quantos bichos da espécie encontraram em casa. “Mais de dez. Aranha então, nem se fala”, afirma Eliezer.

Eles acreditam que na região o problema ocorre por causa do excesso de terrenos vazios, com mato alto, e devido as bueiros não tampados corretamente.

O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Americana iniciou neste ano a desbaratização – aplicação de veneno para acabar com as baratas que vivem na rede de esgoto, que são alimento para os aracnídeos.

Destino

Os escorpiões capturados vivos são encaminhados aos institutos Butantan e Vital Brazil para fabricação de soro antiescorpiônico.

Quem estiver com problemas com esse tipo de animal deve entrar em contato com o SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) da Prefeitura de Americana pelo telefone 3475-9024.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora