Site do LIBERAL alcança 5 milhões de visualizações

Números referentes a fevereiro mostram quase 2 milhões de acessos no site liberal.com.br; audiência vive crescimento


O site do LIBERAL alcançou em fevereiro 5,1 milhões de páginas visualizadas. A audiência é referente aos quase 2 milhões de acessos feitos por usuários no período de 29 dias, dentro do mês. Os dados têm como fonte a plataforma de medição de audiência digital Google Analytics.

“É a primeira vez que rompemos essa marca de 5 milhões de views, o que nos coloca, pelo menos, entre os cinco jornais do interior paulista mais acessados no Estado”, comenta o editor-executivo do Grupo Liberal, João Colosalle.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Fevereiro foi um mês de recordes para o site do jornal. A quantidade de usuários que navegaram dentro do mês, o mais curto do ano, somou 1,1 milhão. Destes, pelo menos 340,6 mil entraram no site do LIBERAL mais de uma vez no período.

A maior parte dos acessos vem de cinco cidades. Americana, São Paulo, Campinas, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré. Juntas, elas concentram 47% dos usuários e 60% dos acessos.

“Temos um grande público local que procura ou vê no LIBERAL uma fonte de informação sobre Americana, Santa Bárbara e outras cidades da região”, explica Colosalle. “Está no nosso DNA produzir jornalismo para a comunidade local”.

O editor-executivo ressalta, porém, que o LIBERAL tem atraído usuários externos, de fora da região. Além do conteúdo regional, o site também publica noticiário nacional e internacional, a partir de agências de notícias.

“Percebemos nos últimos meses muitos acessos de capitais, como Rio de Janeiro e Belo Horizonte, além de São Paulo. São usuários que acessam notícias nacionais, diversas, que nem sempre falam da Região do Polo Têxtil”, comenta Colosalle.

“Em fevereiro, por exemplo, do total de usuários identificados como de São Paulo, 36% acessaram o site mais de uma vez no período. Nosso conteúdo também tem se tornado referência para estes usuários”, acrescenta o editor-executivo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora