24 de janeiro de 2021 Atualizado 18:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

PLANEJAMENTO

Retorno em escolas municipais de Americana é previsto para 10 de fevereiro

Informação é do prefeito Chico Sardelli, mas decisão final ainda será tomada

Por André Rossi / Marina Zanaki

14 jan 2021 às 10:03 • Última atualização 14 jan 2021 às 10:16

O retorno das aulas presenciais em escolas municipais de ensino fundamental de Americana está previsto para ocorrer no dia 10 de fevereiro. A informação é do prefeito Chico Sardelli (PV). Uma decisão final ainda será tomada.

“Nós estamos atentos. Devemos retornar a partir do dia 10 de fevereiro, que é o início da cidade Americana, do ensino fundamental. Estamos trabalhando para a volta às aulas”, comentou Chico nesta quarta-feira (13).

Na próxima terça-feira (19), ocorre em Jaguariúna uma reunião entre os prefeitos da região de Campinas e o Conselho Estadual de Educação para discutir os detalhes da volta às aulas na rede estadual de ensino. Uma definição para Americana deve acontecer após o encontro.

“Estaremos presentes, junto com o secretário de Educação, Vinicius Ghizini, para que a gente possa se inteirar um pouco mais sobre como está o pensamento e a forma de agir do governo estadual”, resumiu Chico.

Na RPT (Região do Polo Têxtil), as cidades de Nova Odessa e Sumaré já definiram que haverá retorno presencial este ano.

A Secretaria de Educação de Nova Odessa disse que trabalha para definição de uma data para retorno dos 5,6 mil alunos.

“Ainda não definimos (se será em fevereiro). Haverá uma nova reunião com o Núcleo (de Educação) criado pelo prefeito Leitinho para programar nosso retorno. Será gradual e seguro. Em breve, será estabelecido nosso protocolo de retorno. Definiremos a porcentagem de alunos por classe. Também vamos providenciar os EPIs e insumos necessários para o retorno seguro dos alunos às escolas da Rede Municipal.”, disse o secretário de Educação, José Jorge Teixeira.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Sumaré já havia definido pelo retorno este ano em dezembro, seguindo a recomendação do Estado. O calendário estadual prevê a retomada em 1º de fevereiro, mas a prefeitura sumareense ainda não cravou a data.

Hortolândia informou que o Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus ainda avalia a situação. Santa Bárbara d’Oeste não respondeu.

Estado
As aulas no Estado devem ser retomadas no dia 1.º de fevereiro. Em dezembro do ano passado, uma resolução estadual definiu que as escolas abririam mesmo na fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo.

Escolas da rede estadual paulista devem funcionar com apenas 35% da capacidade nas duas primeiras semanas de fevereiro. Cada unidade poderá definir a própria rotina, mas a proposta é que os estudantes façam rodízio e frequentem a escola uma ou duas vezes por semana no início do ano letivo.

Publicidade