09 de maio de 2021 Atualizado 19:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Pesca irregular na Represa do Salto Grande leva 44 para delegacia em Americana

Proibição de pesca é prevista pelo Ibama e leva em conta a proximidade da barragem da represa

Por Isabella Holouka

21 abr 2021 às 16:09 • Última atualização 21 abr 2021 às 16:26

Quarenta e quatro pessoas foram detidas na manhã desta quarta-feira (21), feriado de Tiradentes, em Americana, após denúncias de pesca irregular às margens do Rio Atibaia. A prática ocorria a jusante (rio-abaixo) a menos de um quilômetro da barragem da Represa do Salto Grande.

Elas foram conduzidas à delegacia de Americana, onde continuava, até a publicação desta reportagem, a elaboração dos autos de infração ambiental, apreensão dos utensílios de pesca e atuação da Polícia Civil. A previsão de término do registro da ocorrência é no final do dia.

Utensílios de pesca também foram apreendidos – Foto:

O LIBERAL conversou com um dos cabos da PM (Polícia Militar) Ambiental que atendeu à ocorrência, que teve início por volta das 8 horas. Foram mais de dez denúncias de moradores daquela região feitas à base em Americana, informando sobre a grande quantidade de carros e pessoas que estavam no local.

Então foi feita uma solicitação para averiguação, já que a equipe não estava no município nesta quarta-feira. Duas viaturas se dirigiram ao local e constataram 44 pessoas de diversas idades, entre 20 e quase 80 anos, de diversos municípios da região, como Paulínia, Hortolândia, Campinas, Sumaré e Nova Odessa.

44 pessoas foram flagradas pela PM Ambiental – Foto:

A proibição de pesca é prevista na instrução normativa do Ibama número 26, de 2009, que contempla a região a mil metros a jusante e a montante de barragens de empreendimentos hidrelétricos. Inclui ainda a confluência de rios, saídas de esgotos e corredeiras. No local da ocorrência, portanto, é proibida a pesca devido à proximidade da barragem da Represa do Santo Grande.

Segundo o LIBERAL apurou, as ocorrências de pesca irregular às margens do Rio Atibaia são frequentes, apesar da proibição. Até mesmo os peixes daquela região seriam atrativos para os pescadores, por serem de espécies grandes e cortejadas.

A ocorrência continua em andamento na delegacia de Americana – Foto:

Os pescadores flagrados nesta quarta-feira devem responder pelo artigo 34 da lei de crimes ambientais, que prevê detenção de 1 a 3 anos e multa de R$ 1 mil, mais R$ 20 por quilo pescado. Na ocorrência, pelo menos duas pessoas já possuíam pescados.

À princípio, os detidos devem responder em liberdade. O valor das autuações ainda não foi definido pelo delegado de plantão na delegacia de Americana, responsável por determinar a penalidade.

Publicidade