23 de maio de 2022 Atualizado 18:22

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

MAIOR CAPACIDADE

Obras de ampliações em reservatórios de Americana começam em janeiro

Novos equipamentos serão somados a reservatórios de água já existentes nos bairros Cidade Jardim, Ipiranga e Vila Santa Catarina

Por Maria Eduarda Gazzetta

20 Dezembro 2021, às 17h08 • Última atualização 20 Dezembro 2021, às 17h31

As obras de ampliação dos reservatórios de água dos bairros Cidade Jardim, Ipiranga e Vila Santa Catarina, em Americana, começam em janeiro e devem ter duração de até um ano.

O prazo foi divulgado pela empresa responsável pela obra, a Eurotanks, durante anúncio das ampliações, que aconteceu na manhã desta segunda-feira (20), no DAE (Departamento de Água e Esgoto).

Prefeito de Americana, Chico Sardelli, e superintendente do DAE, Carlos Cesar Gimenez Zappia, durante anúncio das ampliações – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

O anúncio foi feito pelo prefeito Chico Sardelli (PV) e pelo superintendente da autarquia, Carlos Cesar Gimenez Zappia. Essas obras, no entanto, já haviam sido noticiadas pelo LIBERAL no último dia 3, quando a contratação da Eurotanks, vencedora do processo licitatório, foi divulgada no Diário Oficial do município.

Atualmente, o reservatório R03, da Vila Santa Catarina, tem capacidade para 4 milhões de litros, enquanto o R05, do Jardim Ipiranga, e o R06, localizado na Cidade Jardim, podem armazenar 400 mil litros cada.

Com verba de quase R$ 10 milhões, outros três equipamentos com capacidade de 2,1 milhões de litros serão implantados em cada área e vão somar com os reservatórios já existentes.  

De acordo com Zappia, essas ampliações, somadas a um conjunto de outras obras, vão estabilizar o abastecimento de água no município.

“Gradativamente, vamos suprir a necessidade de abastecimento. O que vai acontecer agora é que o reservatório vai guardar a água tratada para poder abastecer”, explicou o superintendente.

O aumento na capacidade desses reservatórios deve contribuir para a diminuição da chance de desabastecimento ou de intermitência no fornecimento de água.

“Eu quero que o munícipe abra a torneira e não saia ar. Tem de sair água. Eles pagam por isso, inclusive é nossa obrigação. Queremos avançar muito mais”, comentou o prefeito.  

O reservatório da Vila Santa Catarina abrange também bairros como Vila Galo, São Pedro, Conserva, Jardim Brides, entre outros. Já o Ipiranga engloba localidades como Jardins São Paulo, Glória, Girassol e Vila Santo Antônio. Por fim, a área de abrangência do reservatório da Cidade Jardim vai desde a Mathiesen até a Fazenda Cillos.

Publicidade