01 de junho de 2020 Atualizado 12:20

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

Mecânico é detido suspeito de roubar três farmácias de Americana

O homem foi preso depois de assaltar um estabelecimento na Avenida Cillos e foi reconhecido como autor de outros dois crimes a farmácias da cidade

Por Paula Nacasaki

27 fev 2020 às 11:25 • Última atualização 27 fev 2020 às 16:00

Um mecânico de 31 anos foi preso na noite desta quarta-feira (26), em Americana, por um roubo a uma farmácia na Avenida Cillos, e foi reconhecido como autor de outros dois crimes nos últimos dias na cidade.

Segundo informações da Polícia Civil, o mecânico tinha o mesmo modo de execução nas ações criminosas. Ele chegava no estabelecimento comercial por meio de aplicativo de corrida, pegava os produtos na prateleira, entregava o dinheiro para pagar os itens e no momento em que o funcionário abria o caixa para pegar o troco, ele anunciava o assalto mostrando uma arma em seu bolso. Depois disso, fugia com o dinheiro.

Foto: Paula Nacasaki / O Liberal
Réplicas de armas eram confeccionados pelo mecânico em uma impressora 3D

Ele é suspeito de ter assaltado três farmácias, uma na Avenida Cillos e as outras duas nas ruas Cândido Cruz e na Fernando de Camargo. Ele foi detido pela PM (Polícia Militar) nesta quarta-feira e foi reconhecido pelas vítimas dos três roubos.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Além do mesmo modo de execução, as vítimas também relataram para a polícia que o ladrão possuía uma deficiência física visível no braço esquerdo e mantinha esta parte do corpo a todo momento no bolso de uma blusa de moletom. Tal característica levou a Polícia Civil a relacionar os casos. As imagens de segurança dos estabelecimentos comerciais também ajudaram a relacionar o suspeito aos assaltos às farmácias.

Os três crimes

No roubo desta quarta-feira (26), segundo informações do boletim de ocorrência, o mecânico entrou em uma farmácia na Avenida Cillos, por volta das 21h30, pegou os produtos, foi ao caixa e anunciou o roubo quando a atendente foi lhe dar o troco. Ele fugiu com R$ 105 em um carro prata.

Os PMs foram acionados para atender a ocorrência de roubo. Com as informações, começaram a fazer patrulhamento pelas imediações e localizaram o veículo. Em abordagem, uma mulher explicou que era motorista do aplicativo de corrida e confirmou que tinha feito a viagem até a farmácia e depois deixado o passageiro em uma esquina das ruas Tuiti com Ari Meirelles, no bairro Vila Santa Catarina.

Os policiais se dirigiram ao endereço e encontraram um simulacro de arma caída ao chão. Uma pessoa indicou aos policiais que momentos antes um homem havia jogado o objeto e entrado em um imóvel. Então, os militares foram até a residência na mesma rua e encontraram o suspeito.

O mecânico confessou o crime. Em revista no imóvel, foi localizada uma impressora 3D, a qual ele usava para fabricar modelos de armas. Duas réplicas, sendo uma de revólver e a outra de pistola, foram apreendidas na averiguação. Ele confessou também que os simulacros eram confeccionados ali.

Já os outros roubos em que o mecânico é apontado como autor aconteceram na região central de Americana. O primeiro delito ocorreu no sábado (22), quando ele teria assaltado uma farmácia na Rua Cândido Cruz, por volta das 18h30 e fugido com R$ 800. Já na terça-feira (25), outra farmácia, na Fernando de Camargo, foi alvo do mecânico. O prejuízo com o assalto foi de R$ 150.

O homem foi apresentado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana e recebeu voz de prisão em flagrante por roubo.