12 de junho de 2024 Atualizado 21:34

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Estado vai reforçar remoção de aguapés e desassorear Represa do Salto Grande

Ações serão feitas de forma emergencial após levantamento a ser realizado por técnicos do DAEE, segundo o governo

Por Rodrigo Alonso

01 de setembro de 2022, às 15h16 • Última atualização em 02 de setembro de 2022, às 08h51

Profissionais da autarquia estarão no local no período da manhã - Foto: Junior Guarnieri / Liberal

O governo estadual informou nesta quinta-feira, após reunião com a Prefeitura de Americana, que vai reforçar a remoção de aguapés e fazer o desassoreamento de pontos com situações “críticas” na Represa do Salto Grande.

As ações serão feitas de forma emergencial após um levantamento que será realizado por técnicos do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) em conjunto com profissionais da cidade.

“A gente está falando de curto prazo, de algumas ações emergenciais para melhorar a qualidade do uso da represa e também as questões técnicas. Lembrando que é um reservatório também de água e geração de energia. Não é só uma questão estética e de uso para lazer”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Fernando Chucre.

Ele se reuniu com o prefeito Chico Sardelli (PV) na parte da manhã, no Paço Municipal. O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) e o superintendente do DAEE, Francisco Loducca, também estiveram presentes no encontro, entre outras autoridades.

Chico Sardelli esteve reunido com o deputado federal Vanderlei Macris e o secretário estadual de Meio Ambiente, Fernando Chucre – Foto: Leon Botão / Prefeitura de Americana

De acordo com Loducca, os técnicos da autarquia estadual já estão à disposição do município. A primeira ação vai ser a batimetria, que se trata de um diagnóstico sobre os principais pontos assoreados. Depois, o órgão vai levantar os custos e repassá-los aos setores competentes para a liberação dos recursos.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Paralelamente, o DAEE vai apoiar a CPFL na retirada dos aguapés. “Esses técnicos vão resolver e vão chegar a um bom termo nessa ação mais imediata”, afirmou o superintendente.

Os prazos estimados são de 30 dias para a realização dos levantamentos e mais 60 a 90 dias para a execução dos serviços de desassoreamento e remoção dos aguapés.

“Temos que construir a possibilidade real de reverter o problema nosso de sermos uma lagoa com descarte. Estamos dando um passo importante, porque há concordância do município, do Estado e da equipe técnica. Acho que nós só temos a ganhar. É a saída estratégica para o futuro na questão da água. É um reservatório crucial, queremos tratar a causa dos problemas”, comentou Chico, que chamou a represa de “penicão”.

Longo prazo
Chucre também falou em, a longo prazo, investir em saneamento nos municípios localizados acima da represa, principalmente com relação à coleta e tratamento de esgoto. Segundo ele, a ideia é formalizar uma nova proposta de regionalização que viabilizaria esses investimentos.

“O que está gerando esse problema, principalmente esse problema das plantas e da qualidade da água, é o esgoto, a falta de saneamento dos municípios a montante”, declarou.

Chucre e Loducca visitaram Americana após um pedido feito por Chico e Macris ao governador Rodrigo Garcia (PSDB).

Publicidade