26 de outubro de 2021 Atualizado 20:32

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

POLÍCIA

DIG de Americana prende traficante internacional no litoral paulista

O criminoso, um homem de 58 anos, também é suspeito de roubo e furto de veículos de luxo, principalmente caminhonetes modelo Toyota Hylux

Por Pedro Heiderich

15 set 2021 às 18:48 • Última atualização 15 set 2021 às 18:50

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana prendeu um traficante internacional de drogas no litoral paulista, no último final de semana.

A prisão aconteceu na sexta-feira (10), mas só foi divulgada nesta quarta-feira (15), após a transferência do traficante para presídio de Hortolândia, pelo fato do suspeito já ter sido resgatado da cadeia em outra ocasião.

Investigadores fizeram campana de três dias em São Vicente – Foto: Divulgação/DIG de Americana

O homem, um empresário de 58 anos, era procurado por tráfico de drogas e pode ter participado de crimes envolvendo ainda veículos de luxo.

Ele é suspeito de fazer parte de quadrilha que furta e rouba principalmente caminhonetes modelo Toyota Hilux no Estado de São Paulo, para realizar desmanche de peças e transporte de drogas há pelo menos 12 anos.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Os investigadores da DIG de Americana foram acionados para apurar suspeito de envolvimento nesta quadrilha. Eles fizeram três dias de campana em São Vicente, até conseguirem prender o empresário.

Ao verificarem no sistema, constataram que o empresário era procurado e tinha mandado de prisão em Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, por tráfico de drogas.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Segundo o delegado titular da DIG, José Donizeti de Melo, os investigadores confirmaram o envolvimento do empresário, um narcotraficante de extensa ficha criminal.

“Ele era integrante de sofisticada organização criminosa que pratica o tráfico internacional de drogas com utilização de veículos de luxo e até mesmo aeronaves movimentando cifras milionárias com entorpecentes”, destacou o delegado.

Embora tenha havido casos recentes envolvendo furto de caminhonetes Toyota Hilux na região em julho e agosto, ainda não há confirmação ou suspeita de relação do empresário ou de sua quadrilha com esses crimes.

Em 2009, o mesmo criminoso já havia sido preso com mais de 250 quilos de cocaína escondidos dentro de uma Hilux, em um condomínio de classe alta na cidade de Cotia, na Grande São Paulo.

O Ivan Maia está sempre Virando a Chave e quer te ajudar a fazer o mesmo em seu blog no LIBERAL.

Na ocasião, outros dois homens também foram presos. O grupo se preparava para entregar 34 quilos de cocaína no Jabaquara, zona sul da capital paulista.

Foram apreendidos quatro carros e um caminhão com fundo falso, que era capaz de transportar até 500 quilos de cocaína. Para a época, a quadrilha já demonstrava forte poderio financeiro e de organização.

Publicidade