03 de agosto de 2021 Atualizado 12:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Chico diz que pandemia está sob controle, mas vai ampliar fiscalização

Prefeito prometeu intensificar medidas em bares e restaurantes que têm promovido aglomerações

Por Ana Carolina Leal

19 jun 2021 às 08:04

Apesar de a taxa de ocupação dos leitos com respiradores, mais uma vez, ter atingido 100% nesta sexta-feira (18), o prefeito Chico Sardelli (PV) afirmou, em entrevista à imprensa, que a situação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) está sob controle em Americana. No entanto, ele anunciou que vai intensificar a fiscalização contra bares, restaurantes e casas noturnas que têm promovido aglomerações.

“Entendemos que o momento é um tanto quanto difícil, mas que é uma situação sob controle e a fiscalização continuará acelerada. Tivemos 600 estabelecimentos notificados, aproximadamente 100 autuações nesse sentido, lacração de outros. Enfim, estamos cumprindo a nossa parte”, declarou.

Segundo a assessoria da prefeitura, será mobilizada uma força tarefa com a presença de mais colaboradores da Gama (Guarda Municipal de Americana) e da Vigilância, além da Polícia Militar que já vem atuando nesse sentido.

“O objetivo é ampliar a capacidade de fiscalização de casos e permitir que a fiscalização esteja presente em mais espaços ao mesmo tempo”, informou o Executivo.

Até às 20 horas desta sexta-feira, dois estabelecimentos na Avenida Paschoal Ardito haviam sido surpreendidos pela presença de agentes da Gama. Um deles daria início a um show de pagode e o responsável foi orientado a cancelar. O outro acabou sendo autuado por público excedente e falta de espaçamento entre as mesas.

Também nesta sexta-feira, o Comitê Técnico de Covid-19, criado semana passada para estabelecer medidas no intuito de conter o avanço da doença na região, reforçou a necessidade de uma fiscalização mais intensa para evitar aglomerações. O mesmo foi defendido pela Câmara de Vereadores.

“Estamos trabalhando e apertando o cerco para que esses estabelecimentos comerciais cumpram o protocolo São Paulo, os horários estabelecidos, ou seja, até as 21 horas. E proibir as aglomerações que forem encontradas em praças públicas, eventos, baladas e outros estabelecimentos”, garantiu Chico.

Durante a entrevista, o chefe do Executivo voltou a frisar que Americana segue adotando o Plano São Paulo. Porém não explicou o motivo de o município não ter aderido a medidas mais restritiva, conforme recomendação do governo estadual para cidades com ocupação de UTIs acima de 90%.

“Estamos atentos, os números são altos, temos 100% na enfermaria, mais de 80% nas UTIs [atingiu 100% nesta sexta-feira], enfim, está sob controle. Se necessário tomar medidas mais duras e firmes iremos tomar sem vacilar”. Americana soma, até o momento, 21.148 casos positivos da doença, dos quais 628 resultaram em morte.

Publicidade