19 de outubro de 2020 Atualizado 21:28

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Pedido de ajuda

Americanense busca por doador compatível de medula óssea

Após diagnóstico de Leucemia Linfoide Aguda, Guilherme Fermino espera por transplante de medula

Por Natália Velosa

08 jun 2020 às 15:19 • Última atualização 08 jun 2020 às 20:44

O educador físico Guilherme Fermino, de 25 anos, de Americana, faz apelo nas redes sociais em busca de doadores compatíveis de medula óssea para ele, que foi diagnóstico com LLA (Leucemia Linfoide Aguda).

Os voluntários precisam procurar ponto de doação mais próximo para ser cadastrado no Banco de Dados Universal, para análise de compatibilidade.

Guilherme pode consolidar tratamento se encontrar doador compatível – Foto: Divulgação

De acordo com a namorada, a assistente jurídica Fernanda Macedo, Guilherme foi diagnosticado no começo de abril deste ano e hoje segue realizando quimioterapia no Hospital das Clínicas da Unicamp. Se encontrar um doador 100% compatível, pode consolidar o tratamento.

“Foi uma surpresa muito grande. A gente não esperava porque ele levava uma vida saudável, praticava exercícios diários e não tinha nenhum tipo de vício. Ele ainda está assimilando tudo isso, mas graças a Deus não está tão debilitado por ter um físico muito bom”, relatou Fernanda.

Doações
Para ser doador, a pessoa deve ter entre 18 e 55 anos de idade e não apresentar doença infecciosa ou incapacitante. Será realizado uma coleta de 10 ml de sangue e encaminhado para teste de compatibilidade.

Fernanda explicou que o teste de compatibilidade não será exclusivo para ele, mas que o apelo é de conscientização para que as pessoas possam ajudar outras que precisam de transplante. Se a pessoa cadastrada for compatível com Guilherme, o próprio sistema cruzará as informações.

“Muita gente também me pergunta se o tipo sanguíneo interfere na compatibilidade, mas não tem nenhuma influência. Só os testes vão dizer”, completou.

Veja onde se cadastrar como doador na região:

  • Hospital Estadual de Sumaré: Av. da Amizade, 2400 – Jardim Bela Vista. Doações de segunda a sábado, das 7h30 às 15h;
  • Hemonúcleo de Piracicaba: Av. Independência, 953 – Alto. Doações de segunda a sexta, das 7h30 a 13h;
  • Hemocentro de Campinas – Unicamp: Rua Carlos Chagas, 480 – Cidade Universitária. Doações de segunda a sábado, das 7h30 às 15h;
  • Hospital Municipal de Campinas Dr. Mário Gatti: Av. Pref. Faria Lima, 340 – Parque Italia. Doações de segunda a sábado, das 7h30 a 13h.

*Estagiária, sob supervisão de Guilherme Magnin.

Podcast Além da Capa
A relação de Americana com Santo Antonio, o padroeiro da cidade, completa 120 anos em 2020, mas a festividade em torno da data foi forçada a ser revista por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Desde o início da quarentena, em março, as missas realizadas na Basílica não contam com a presença de fieis mas o contato é mantido por transmissões pelo Facebook. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o administrador paroquial da basílica, o padre Valdinei Antonio da Silva. A necessidade do cancelamento de outros eventos da comunidade católica, como as festas de São João de Carioba e do Senhor Bom Jesus, também é abordada com os padres Marcos Ramalho e Marcelo Fagundes.

Publicidade