25 de janeiro de 2021 Atualizado 16:40

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Governo Estadual

Americana e região voltam para a fase vermelha até o dia 3

Só podem funcionar serviços essenciais nas áreas de abastecimento, segurança, transporte e saúde

Por Leonardo Oliveira / Agência Brasil

01 jan 2021 às 07:53 • Última atualização 01 jan 2021 às 15:29

Todas as cidades do Estado, incluindo Americana região, voltam nesta sexta-feira (1) à fase vermelha do Plano São Paulo. A medida vale para esta sexta (1º), sábado (2) e domingo (3) e tem o objetivo de tentar conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19) nos municípios paulistas.

Dezembro foi o segundo mês de 2020 com mais casos do novo coronavírus (Covid-19) em Americana. Entre os dias 1° e 31 de dezembro, foram registradas 2.077 ocorrências pela Vigilância Epidemiológica.

O número é inferior apenas a agosto, que teve 2.096 confirmações. A cidade registra ainda 210 vítimas da pandemia e 8.262 recuperados, segundo dados divulgados pela prefeitura na tarde desta quinta-feira.

Na fase vermelha, a mais restrita do Plano São Paulo, só podem funcionar os serviços considerados essenciais nas áreas de abastecimento, segurança, transporte e saúde como mercados, farmácias, postos de combustível, padarias e lavanderias.

Com essa volta à fase vermelha, shoppings, bares, comércio de rua, academias, restaurantes, concessionárias, escritórios, eventos culturais e salões de beleza não poderão funcionar nestes dias.

Depois desse período, o estado volta para a fase 3-amarela do Plano São Paulo, em que comércio e serviços podem operar com até 40% de capacidade e horário de funcionamento restrito.

Fases

Apenas a região de Presidente Prudente deve permanecer na fase 1-vermelha a partir de segunda-feira (4). Uma nova reclassificação do Plano São Paulo está agendada para 7 de janeiro.

O Plano São Paulo é dividido em cinco fases, que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (vermelho) a etapas identificadas como controle (laranja), flexibilização (amarelo), abertura parcial (verde) e normal controlado (azul).

O plano divide o estado em regiões e cada uma delas é classificada em uma fase do plano, dependendo de fatores como a capacidade do sistema de saúde e a evolução da epidemia.

Publicidade