09 de agosto de 2022 Atualizado 22:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Americana apresenta menor número de furtos de veículos para maio desde 2013

Levantamento descarta 2020 e 2021, auge da pandemia de Covid, com menos carros nas ruas

Por Cristiani Azanha

29 de junho de 2022, às 07h26

SSP aponta 76 veículos furtados em Americana em maio desde ano - Foto: Arquivo - Liberal

Americana registrou o menor número de furtos de veículos para maio, desde 2013, segundo estatísticas da SSP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo). Foram 76 casos neste ano e 69 no cenário anterior. O levantamento feito pelo LIBERAL desconsidera 2020 e 2021, auge da pandemia de Covid-19, quando menos carros circularam pelas ruas.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O comandante do CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior), coronel Willians de Cerqueira Leite Martins relatou que a PM tem desenvolvido operações como a “Visibilidade” e “Sufoco”, além de cumprimentos de mandados de prisão em conjunto com 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), Forças Táticas, e a destinação de policiamento de acordo com as regiões onde a estatísticas determinam.

“Importante salientar que aplicamos o Degeo (Diagnóstico Evolutivo Geoponderado), que é a uma metodologia de redução criminal que estimula apreender arma e prender criminosos e tem o objetivo de reduzir os crimes contra o patrimônio”, disse Cerqueira.

Segundo o tenente-coronel Adriano Daniel, que comanda o 19° BPMI (Batalhão da Polícia Militar do Interior) de Americana, os policiais têm realizado ações integradas com a Gama (Guarda Municipal de Americana).

“Harmonizamos as viaturas com a guarda para distribuí-las de maneira uniforme. “Também estreitamos os laços com a Polícia Civil e Polícia Científica, e recentemente participamos de uma palestra para orientar na coleta de provas que ajudem nos esclarecimentos de crimes”, relatou.

A Gama informou que o novo modelo de policiamento também contribuiu para a queda dos furtos de veículos, pois além das atividades em apoio à PM, ampliou a atuação das equipes de Romu (Ronda Ostensiva Municipal) que passaram de 12 para 24 horas por dia, dobrando o efetivo.

A corporação ainda reforça os mapeamentos dos pontos mais críticos da cidade, bem como as realizações de operações em dias e horários alternados.

Com relação aos homicídios, por exemplo, no mesmo período do levantamento, entre 2013 e 2022, nos meses de maio, o crime tem variado entre um e dois casos.

Santa Bárbara registra alta de 80% nos furtos

Os casos de furtos registrados de janeiro a maio deste ano aumentaram na maioria das cidades da RPT (Região do Polo Têxtil), com destaque para Santa Bárbara d’Oeste, que teve 561 ocorrências em 2022, alta de 80% em relação ao mesmo período do ano passado, com 311.

Em Nova Odessa houve elevação de 43% (191 casos em 2022 contra 133 no ano anterior), e Sumaré alta de 52% (1.052 em 2022 ante 689 de 2021). Por sua vez, Hortolândia apresentou diminuição de 12% (523 em 2022 e 599 em 2021). Nos casos de homicídios, Santa Bárbara registrou a maior queda percentual, com 50% (2 em 2022 contra 4 no ano anterior), seguida de Sumaré, com diminuição de 42% – 8 casos este ano e 14 em 2021.

Esse tipo de ocorrência subiu 75% em Americana (7 em 2022 ante 4 do ano anterior), e 30% em Hortolândia, com 13 casos este ano e 10 em 2021. Nova Odessa manteve o mesmo número, com apenas um caso de janeiro a maio em ambos os anos.

Publicidade