25 de julho de 2021 Atualizado 18:33

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Acúmulo de lixo gera reclamações no Nova Americana

Lixo vem sendo jogado embaixo do viaduto Prefeito João Batista de Oliveira Romano

Por Redação

26 jul 2020 às 08:35 • Última atualização 26 jul 2020 às 19:25

O viaduto Prefeito João Batista de Oliveira Romano, na Rua Silvino Bonassi, no bairro Nova Americana, em Americana, vem sendo alvo de reclamações dos moradores das imediações, por apresentar acúmulo de lixo embaixo da estrutura.

Lixo jogado próximo ao viaduto se espalha e chega até a Praça de Esportes do bairro – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

De acordo com o aposentado Paulo Lúcio Duarte, de 75 anos, a área onde o lixo é jogado vai até a Praça de Esportes Sebastião Barreira e atrapalha quem realiza caminhada no local. “Tem tudo o que você pensar, vaso sanitário, pia, entulho, lixo doméstico”, relata. Paulo cita moradores de rua que vivem embaixo do viaduto, mas diz que a culpa não é só deles.

“Os próprios moradores do bairro jogam lixo e os catadores de reciclagem também espalham e pegam só o que interessa. Falta assistência social da prefeitura para os moradores de rua”, avalia.

O problema não é de agora. Paulo relembra que em junho de 2014 realizou a mesma reclamação, mas nada mudou desde então.

A Prefeitura de Americana foi questionada, mas não respondeu ao LIBERAL sobre quais medidas seriam tomadas.

LIBERAL NAS RUAS: Viu algo de errado no seu bairro? Um buraco na rua, um vazamento ou uma obra parada? Escreva para redacao@liberal.com.br ou envie mensagem para o WhatsApp do LIBERAL, no (19) 99271-2364, clicando aqui.

Podcast Além da Capa
O contexto da DRS (Diretoria Regional de Saúde) de Campinas definiu o avanço de todos os seus municípios à fase laranja do Plano São Paulo, conforme anúncio do Estado feito nesta sexta-feira (24). Entretanto, quais são as particularidades que dão o contexto de Americana, em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), neste momento? Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com os repórteres George Aravanis e Rodrigo Alonso sobre tal cenário.

Publicidade