21 de abril de 2021 Atualizado 10:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mundo

Biden assinará ordem executiva com restrições a viajantes da África do Sul

Por Agência Estado

25 jan 2021 às 17:14 • Última atualização 25 jan 2021 às 18:00

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, anunciou nesta segunda-feira, 25, que os Estados Unidos vão incluir a África do Sul à lista de países com restrições a viajantes, a fim de conter a transmissão da covid-19 em solo americano. Brasil, Reino Unido e outros 26 países europeus já estão nesta lista. Segundo ela informou, o presidente dos EUA, Joe Biden, vai assinar hoje uma ordem executiva com medidas para limitar o avanço do vírus por meio de viagens internacionais.

Entre as restrições a serem adotadas após a assinatura do documento, Psaki informou que todos os passageiros com destino aos EUA deverão apresentar um teste que confirme que não foram infectados pelo novo coronavírus. A medida inclui também cidadãos americanos e passará a valer amanhã. “Este não é o momento de suspender as restrições às viagens internacionais”, declarou a porta-voz.

Psaki também comentou sobre o que chamou de “confusão” envolvendo a quantidade de vacinas para a covid-19 disponíveis nos EUA. Sem detalhar quais seriam os gargalos para a imunização em massa da população americana, a porta-voz afirmou que há um problema “muito maior que o esperado” herdado pela gestão do ex-presidente Donald Trump.

Publicidade