10 de julho de 2020 Atualizado 16:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

SOCORRO

Doria reitera necessidade de liberação da primeira parcela de socorro até dia 31

Governador destacou seu apoio ao veto ao trecho do reajuste salarial de servidores públicos até 2021

Por Agência Estado

21 Maio 2020 às 12:11 • Última atualização 21 Maio 2020 às 13:25

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pediu nesta quinta-feira (21) que o presidente Jair Bolsonaro sancione o socorro financeiro aos Estados e municípios e realize o primeiro pagamento até 31 de maio.

Em intervenção curta durante reunião com demais governadores e ministros, Doria destacou seu apoio ao veto ao trecho do reajuste salarial de servidores públicos até 2021.

Presidente e governadores se reuniram de maneira virtual nesta quinta-feira (21) – Foto: Governo do Estado de São Paulo

O governador, que tem trocado farpas publicamente com o presidente, destacou a “união e paz” entre os entes da federação. “O Brasil precisa estar unido para vencer a crise e ajudar a proteger a saúde dos brasileiros. Nosso foco neste momento é exatamente este, proteger os brasileiros em todo o Brasil”, disse.

Doria afirmou que o momento é de “guerra”. “A guerra coloca todo mundo em derrota, quem perde principalmente são os mais pobres.”