25 de janeiro de 2022 Atualizado 23:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cotidiano

Associação de laboratórios sugere suspender testagem de casos leves de Covid

Abramed diz não saber até quando os laboratórios conseguirão atender a demanda por exames

Por Agência Estado

12 jan 2022 às 16:21 • Última atualização 12 jan 2022 às 17:12

A Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed) alerta para a possibilidade de falta de testes de antígeno e PCR (o molecular, tipo mais preciso), se estoques de insumos necessários para a realização de exames laboratoriais para o diagnóstico da Covid-19 não forem repostos “rapidamente”. A Abramed diz não saber até quando os laboratórios conseguirão atender a demanda por exames, que cresceu principalmente por causa da alta transmissibilidade da variante Ômicron, e recomenda parar de testar casos leves da doença.

“Quando avaliamos as notícias que vêm de outros países, de que eles já estão sem insumos, é certo que o problema chegará ao Brasil”, informou o presidente do Conselho de Administração da Abramed, Wilson Shcolnik, em nota. “Não é possível mensurar nesse momento até quando poderemos atender, pois os estoques são variados dependendo do laboratório e da região, mas há um risco real de desabastecimento”, alerta o executivo.

A entidade disse preparar nota técnica para os associados pedindo pela priorização de pacientes a serem testados. “Recomendamos fortemente que sejam submetidos a testes apenas os pacientes que tenham maior gravidade de sintomas, pacientes hospitalizados e cirúrgicos, pessoas no grupo de risco, trabalhadores assistenciais da área da saúde, e colaboradores de serviços essenciais”, apontou Shcolnik.

Nesse sentido, a Abramed pede que testes não sejam aplicados em “assintomáticos e pessoas com sintomas leves”. Aqueles com quadro leve devem permanecer em isolamento.

Rede RaiaDrogasil suspende agendamento online

Farmácias da Rede RaiaDrogasil suspenderam temporariamente o agendamento online de testes de Covid-19. Em nota, a empresa informa que “está atuando na reposição dos estoques para o abastecimento de suas lojas o mais breve possível”. A retomada no serviço deve se dar quando o abastecimento for “normalizado”.

Tanto a Droga Raia quanto a Drogasil oferecem testes de quatro tipos: PCR-LAMP, antígeno nasal, antígeno oral e de sorologia. Para fazer o agendamento on-line é preciso fornecer CPF, e-mail e nome.

Em nota enviada ao Estadão, a empresa diz que “a demanda por testes de Covid-19 cresceu consideravelmente e há falta de testes no mercado como um todo”. A Rede RaiaDrogasil reúne mais de 2,3 mil lojas em 24 Estados.

Publicidade