18 de outubro de 2021 Atualizado 07:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Nova realidade

Em meio a pandemia, Letícia Lima precisou se adaptar para gravar série do Prime Video

Letícia Lima estava no ar como a ambiciosa Estela de “Amor de Mãe” quando o novo coronavírus chegou ao Brasil

Por Márcio Maio - Tv Press

13 out 2021 às 08:14

Trama foi gravada no Uruguai e aborda uma questão que afeta diversos casais no Brasil - Foto: Divulgação

Se adaptar à pandemia e ao “novo normal” imposto por ela não foi fácil para os atores. Da paralisação de vários projetos às medidas de segurança necessárias para conter o avanço da Covid-19, muitas foram as adaptações que precisaram acontecer nas fases mais críticas – principalmente antes da vacinação em massa.

Letícia Lima estava no ar como a ambiciosa Estela de “Amor de Mãe” quando o novo coronavírus chegou ao Brasil e começou a fazer vítimas. Mas sua personagem já se preparava para deixar a história, assassinada, e suas gravações tinham sido encerradas na semana em que os trabalhos foram suspensos, ainda em março de 2020. Com “Desjuntados”, série exclusiva do Prime Video, que estreou no último dia 1º no serviço de streaming da Amazon, a história foi diferente. “A gente fez todos os ensaios e a preparação de forma remota”, lembra.

A trama foi gravada no Uruguai e aborda uma questão que afeta diversos casais no Brasil – principalmente em momentos de crise, como o atual. Na trama, Letícia interpreta Camila, uma mulher de 33 anos que atua como vendedora de uma loja de marketing multinível. Já Gabriel Godoy vive Caco, um cara de 35 anos que se formou como engenheiro químico, mas está desempregado. Depois de sete anos de casamento, os dois não se suportam mais, só que não têm dinheiro para se manterem sozinhos. Então, apesar de decidirem pela separação, as dívidas obrigam ambos a dividirem o mesmo teto.

“Há uma química nos dois que transparece nos momentos de pé-de-guerra, tem uma sintonia e tensão. Quando ela passa por um problema real e pesado, recorre a ele. Mesmo estando separados e brigados, dá para ter aquela sensação de ‘será que acabou mesmo?’”, defende Letícia.

Enquanto precisa reaprender a morar com Caco nos novos moldes da relação que se estabelece, Camila se envolve com outro homem, interpretado por Rômulo Arantes Neto. “Quando ela conhece o Roberto Carlos, não é de cara por ele ser um galã, mas por estar ativo. Acho que ela perde a admiração pelo Caco quando ele perde o emprego e fica em casa, jogando vídeo game”, avalia a atriz. No entanto, a produção tenta criar nos telespectadores uma ideia de como o convívio deles era quando ainda estavam apaixonados.

“Tem todo o momento de romance e amor dos flashbacks, mas são bem pequenos no começo. E tem recaída também”, entrega Letícia, avisando, em seguida, que são as brigas do ex-casal que mais aparecem, na maior parte da série.

Para descobrir como encontrar o tom certo de dar vida a essa personagem, Letícia recorreu principalmente às instruções que recebeu da direção. Quando começou o processo de preparação, sequer sabia muito como seria o visual dos personagens. “Não estar presente nesse momento é muito difícil para o ator. A gente fez de tudo para sentir esses personagens de perto”, lamenta.

E mesmo com uma vasta lista de mulheres para se inspirar pelas redes sociais, a trirriense – natural de Três Rios, no Centro-Sul fluminense – preferiu não seguir esse caminho. “Não me inspirei em blogueira nenhuma especificamente. Até uma confissão: achava, quando começamos a estudar o material, que algumas cenas seriam muito difíceis. Mas tudo foi orgânico, natural, do dia a dia. A gente vê muito isso, né”, explica.

Publicidade