Turismo doméstico cresce no País

Agência de Turismo de Luxo revela que 68% das reservas feitas em 2016 foram para viagens em destinos nacionais


O mercado de turismo no Brasil está reaquecendo e os turistas estão conhecendo e aproveitando cada vez mais os destinos nacionais. No Zarpo, agência de viagens online, as hospedagens brasileiras representaram 68% das reservas em 2016 e a estimativa é que o número aumente para 80% em 2017.

Para o co-CEO e cofundador do Zarpo, Alexis Manach, este movimento do mercado traz boas perspectivas para o negócio. “O Brasil tem muito a oferecer em termos turísticos, temos opções para todos os gostos; praia, campo, frio, aventura, além de uma grande diversidade cultural. O brasileiro está redescobrindo as belezas e a riqueza do seu País.”, conta o executivo.

Para fugir do senso comum, o Zarpo fez um levantamento dos principais destinos dos brasileiros para pacotes nacionais, fugindo de locais famosos como Salvador, Rio de Janeiro e Porto Seguro.

Foto: Divulgação
Angra dos Reis

Angra dos Reis – RJ
Localizada no litoral sul do Rio de Janeiro a cidade possui 365 ilhas rodeadas de um mar verde-água, praias de areia branquinha e vegetação de Mata Atlântica.

Foto: Divulgação
Cabo de Santo Agostinho

Cabo de Santo Agostinho – PE
A pouco mais de 30 quilômetros da capital Recife, a cidade é uma ótima opção para quem curte badalação e pegar ondas. A Praia do Paiva, é um dos melhores destinos para quem quer surfar.

Foto: Divulgação
Cesário Lange

Cesário Lange – SP
Próxima à região metropolitana de São Paulo, um dos grandes atrativos da cidade é o Mavsa Resort, que atrai turistas para temporadas ou finais de semana.

Foto: Divulgação
Lins

Lins – SP
Localizada a 429 quilômetros da capital, a cidade é um ótimo destino para levar a família inteira. Suas águas termais e roteiros rurais complementam o roteiro, que também conta com diversas atrações gastronômicas e de lazer

Foto: Divulgação
Atibaia

Atibaia – SP
A cidade é um dos destinos prediletos dos que buscam contato com a natureza e tranquilidade e que procuram atividades para adultos e crianças. A 70 quilômetros da capital oferece vários pontos turísticos como A Pedra Grande, Represa da Usina e Reserva do Vuna.

Foto: Divulgação
Olímpia

Olímpia – SP
Dá para chamar de oásis. No meio da secura e do calorão do extremo norte do Estado de São Paulo, uma típica cidadezinha interiorana desponta com água em abundância.

A pequena Olímpia, com 54 mil habitantes, é atualmente uma gigante no turismo: recebeu, no ano passado, 2,2 milhões de visitantes, atraídos pelos dois parques aquáticos que aproveitam águas naturalmente aquecidas, descobertas nos anos de 1950, durante tentativas de achar petróleo.

Foto: Divulgação
Ribeirão Preto

Ribeirão Preto – SP
A 315 quilômetros da capital, a cidade oferece uma diversidade de programas aos turistas. São várias opções de cervejarias famosas e restaurantes, além do Theatro Pedro 2º, edifício tombado como patrimônio histórico.

Foto: Divulgação
Campinas

Campinas – SP
A cidade não é conhecida por ser um destino turístico, mas tem diversas atividades interessantes, como a feirinha hippie no Centro de Convivência, além de uma praça que possui dois teatros, um subterrâneo e um ao ar livre, o Teatro de Arena.

Fonte: Zarpo

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora