Huawei inicia processo para reverter limites de operação


A gigante de telecomunicações chinesa Huawei Technologies Co. entrou com uma nova ação legal contra os EUA, numa tentativa de bloquear decisão da Comissão Federal de Comunicações (FCC, pela sigla em inglês), no mês passado, de restringir ainda mais a capacidade da empresa de operar em território americano, segundo o The Wall Street Journal.

A Huawei alega que a iniciativa da FCC, que impede operadoras móveis dos EUA de utilizarem subsídios anuais de US$ 8,5 bilhões para comprar equipamentos da companhia chinesa, viola seus direitos a um processo devido e a rotula injustamente como “ameaça à segurança nacional”.

“A FCC não deveria eliminar esforços conjuntos de conectar as comunidades rurais nos EUA”, disse Song Liuping, principal representante legal da Huawei, em comunicado.

A Huawei é um dos principais pontos de controvérsia na disputa comercial entre EUA e China, que se arrasta desde meados do ano passado. Washington e Pequim estão em negociações para tentar fechar um acordo comercial preliminar que poderá reverter parte das tarifas que os países impuseram a importações um do outro.

Fonte: Dow Jones Newswires

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora