29 de setembro de 2020 Atualizado 20:46

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Aventureira

Nissan aposta no traje e na pegada off-road da sua picape Frontier

Versão Attack se vale da boa capacidade da Nissan Frontier para atrair com visual aventureiro e se destacar

Por Eduardo Rocha / Auto Press

18 jul 2020 às 10:02 • Última atualização 18 jul 2020 às 10:04

Houve um momento no Brasil, até o início dos anos 2000, que a Nissan era caracterizada por veículos aventureiros. A gama contava com SUVs como Pathfinder, Murano, XTerra, XTrail e ainda a indefectível picape Frontier.

Nissan Frontier Attack – Foto: Divulgação

Depois a marca passou a investir mais em automóveis de passeio, a começar pela importação de modelos como Tiida e Sentra, além da produção da minivan Livina, do hatch March e do sedã Versa.

De utilitários estão hoje na gama da marca apenas o Kicks e, como sempre, a Frontier. E da picape média, a versão mais aventureira é a Attack, que acompanha a linha desde 2006, ainda na primeira geração produzida em São José dos Pinhais, no complexo industrial da Renault.

Nissan Frontier Attack – Foto: Divulgação

A principal diferença do modelo está na parte estética. A Frontier Attack traz faixas decorativas no capô na cor preta, grade dianteira em preto brilhante, molduras das janelas, rodas, maçanetas, espelhos retrovisores, rack de teto, estribo lateral e santantônio em preto fosco.

Na traseira, o para-choque em preto fosco traz as ponteiras laterais de metal pintadas em preto brilhante. Nas laterais, há dois adesivos na cor cinza. O primeiro traz o nome da versão “Attack” e o segundo indica que é “4X4”.

Nissan Frontier Attack – Foto: Divulgação

O motor é o mesmo dos modelos superiores, 2.3 litros diesel biturbo e câmbio automático de sete marchas. Ele tem 190 cv de potência, com 45,9 kgfm de torque.

Por dentro, a Frontier oferece bastante espaço e conforto. O sistema multimídia com tela sensível ao toque de oito polegadas tem conexão por meio dos aplicativos Apple CarPlay e também Android Auto.

Nissan Frontier Attack – Foto: Divulgação

Como é produzido na Argentina, o preço do modelo acaba sendo penalizado por conta do dólar, estacionado acima de R$ 5,00. Tanto que a tabela recebeu um reajuste recentemente de quase 10% e a Attack agora sai a R$ 173.490.

Publicidade