30 de maio de 2024 Atualizado 00:00

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Libertadores

Com reservas, Palmeiras arranca empate do San Lorenzo na Argentina

Em cobrança de falta, Piquerez anotou o tento que garantiu um ponto ao time brasileiro, pela competição continental

Por Agência Estado

03 de abril de 2024, às 23h38 • Última atualização em 04 de abril de 2024, às 00h18

Preocupado com a final do Paulistão, na qual precisa virar sobre o Santos para ser campeão, o Palmeiras usou reservas em sua estreia na Libertadores e o resultado foi melhor que a atuação. O time alviverde escapou da derrota graças à incompetência do San Lorenzo nas finalizações e ao uruguaio Piquerez. Foi do lateral-esquerdo, na parte final do duelo, o gol que garantiu o empate por 1 a 1 no Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires.

Abel sequer levou sete dos seus titulares para a Argentina, mas foi necessário lançar mão de alguns de seus principais atletas na segunda etapa, para que o time, completamente dominado no primeiro tempo, reagisse nos últimos 45 minutos.

Lateral-esquerdo Piquerez marcou o gol do empate do Palmeiras na Argentina – Foto: Fabio Menotti / Palmeiras

No primeiro tempo, foram 35 minutos de domínio total do San Lorenzo, que não precisou fazer muito para controlar o jogo. Eram necessários poucos passes penetrar na perdida zaga palmeirense e ficar em condições de finalizar.

Marcelo Lomba salvou o Palmeiras três vezes. Até que, no escanteio originado por uma defesa do goleiro, Romaña subiu sozinho e mandou para as redes, aos 19.

O Palmeiras só mostrou alguma capacidade de reagir nos dez minutos finais da etapa inicial, mas sem sucesso.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Na segunda etapa, Abel Ferreira resolveu mexer e desfez a linha defensiva de três. Caio Paulo, Breno Lopes e Gabriel Menino, os piores em campo, saíram. Flaco López, Luís Guilherme e Aníbal Moreno melhoraram o desempenho da equipe.

O problema é que na frente faltou eficiência. Livre, Rony, quase da pequena área, isolou a melhor chance palmeirense. Minutos depois, Gustavo Gómez cabeceou para fora, rente à trave, e desperdiçou outra grande oportunidade.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Se Rony viveu noite infeliz, foi necessário que um defensor resolvesse. Piquerez cobrou com perfeição falta sofrida pelo jovem Luis Guilherme e salvou o tricampeão continental de estrear com derrota. O gol foi marcado minutos depois de os argentinos perderem duas chances na cara de Lomba, que salvou a equipe mais duas vezes nos acréscimos.

SAN LORENZO 1 X 1 PALMEIRAS

SAN LORENZO – Altamirano; Perruzzi, Romaña, Campi e Braida; Cristian Ferreira (Herazo)Giay, Ivan Leguizamon, Elián Mateo Irala, Leguizamón (Luján) Nahuel Barrios; Adam Bareiro. Técnico: Rubén Insua.

PALMEIRAS – Marcelo Lomba; Garcia, Gustavo Gómez, Naves e Vanderlan (Piquerez); Richard Ríos, Gabriel Menino (Aníbal Moreno) e Lázaro (Luan); Breno Lopes (Luis Guilherme), Rony e Caio Paulista (Flaco López). Técnico: Abel Ferreira.

GOLS – Romaña, aos 19 minutos do primeiro tempo. Piquerez, aos 35 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Barrios, Vanderlan, Ferreira, Breno Lopes, Abel Ferreira, Bareiro, Naves, Giay, Romaña, Perruzzi, Ríos.

ÁRBITRO – Jesús Valenzuela (Venezuela).

PÚBLICO E RENDA – não divulgados.

LOCAL – Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires, na Argentina.

Publicidade