25 de janeiro de 2022 Atualizado 23:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Inter de Milão marca no fim da prorrogação, vence Juventus e fatura Supercopa

Por Agência Estado

12 jan 2022 às 20:48 • Última atualização 12 jan 2022 às 21:21

Com um gol salvador aos 15 minutos do segundo tempo da prorrogação, a Inter de Milão venceu a Juventus por 2 a 1, nesta quarta-feira, e conquistou a Supercopa da Itália. Jogando em casa, no estádio Giuseppe Meazza, o time milanês empatou com a rival de Turim por 1 a 1 no tempo normal.

Foi o sexto título conquistado pela Internazionale na competição que coloca frente a frente os últimos vencedores do Campeonato Italiano e da Copa da Itália. O time de Milão não levantava este troféu desde 2010. Agora se tornou o terceira maior vencedor, atrás apenas da Juventus, com nove títulos, e do Milan, com sete.

As equipes de Milão e de Turim fizeram um duelo equilibrado, principalmente no primeiro tempo, a etapa mais movimentada do jogo. A Juventus abriu o placar aos 24 minutos. Morata cruzou da esquerda e o americano McKennie cabeceou para as redes. O empate veio dez minutos depois, de pênalti.

A penalidade foi marcada após falta de Dzeko sobre De Sciglio dentro da área. Lautaro Martínez bateu forte e alto e decretou a igualdade no placar. Após o intervalo, a partida perdeu técnica e disposição. Afora um lance protagonizado por Alexis Sánchez, o duelo foi morno, sem chances reais de gol.

O marasmo persistiu pela maior parte da prorrogação. Os dois times pareciam conformados em decidir o título nas cobranças de pênalti. Até que Sánchez aproveitou uma sobra dentro da área, aos 15 da segunda etapa do tempo extra, após um bate-rebate e até uma falha do lateral brasileiro Alex Sandro, e finalizou para as redes, selando o título da Inter.

Publicidade