26 de maio de 2024 Atualizado 20:10

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Hamilton diz que vai continuar em defesa da diversidade na F-1 quando for para a Ferrari

Por Agência Estado

23 de fevereiro de 2024, às 16h50

Único piloto negro da Fórmula 1, Lewis Hamilton disse, nesta sexta-feira, que vai continuar assumindo a bandeira da diversidade na categoria quando trocar a Mercedes pela sua nova equipe, a Ferrari, a partir de 2025.

A declaração foi dada durante os testes de pré-temporada da F-1. O heptacampeão afirmou que tem orgulho do legado desenvolvido sobre a questão na sua atual escuderia e essa postura vai ser uma de suas prioridades quando for para a equipe italiana.

“Estou imensamente orgulhoso do trabalho que fizemos na Mercedes. Desde 2020, fizemos grandes avanços na melhoria da diversidade dentro da equipe. Acho que estamos à frente de todas as outras equipes nesse aspecto e ainda há muito trabalho em todo o esporte”, afirmou o piloto.

Na entrevista coletiva, o piloto inglês disse que mantém conversas com Stefano Domenicali, CEO da F-1, para falar sobre o assunto e seguir nessa linha de dar mais espaço à diversidade.

“Olhamos para para a Ferrari e vemos que eles têm muito trabalho a fazer. Então já tornei isso uma prioridade ao conversar com (presidente executivo da equipe) John Elkann e a resposta foi boa. Eles estão super entusiasmados para começar a trabalhar nisso também.”

Na Mercedes desde 2013, Hamilton construiu uma história de vitórias dentro e fora das pistas. Seis de seus sete títulos mundiais foram conquistados nessa escuderia. Fora do cockpit, sua importância também foi grande.

O piloto criou uma comissão para investigar maneiras de melhorar a diversidade na indústria do automobilismo e nas disciplinas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

Publicidade