Sem festa, jogadores do Flamengo desembarcam no Rio de Janeiro e entram em férias


Os vice-campeões do mundo estão de volta ao Rio de Janeiro. Um dia depois da derrota por 1 a 0 para o Liverpool, na final do Mundial de Clubes da Fifa, no Catar, a delegação do Flamengo desembarcou por volta das 20h40 deste domingo sob forte chuva e com poucos torcedores a esperá-los no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão.

No entanto, quem enfrentou o mau tempo para ir ao aeroporto para recepcionar a equipe campeã brasileira e da Copa Libertadores se deu mal, já que os jogadores e os integrantes da comissão técnica rubro-negra passaram rapidamente pelo saguão de desembarque e não pararam nem para tirar fotos com os torcedores. A expectativa inicial era da delegação embarcar em um ônibus posicionado no terminal de cargas do Galeão e de lá deixar o local.

Algumas horas antes, os jogadores do Liverpool desembarcaram na Inglaterra em um ambiente muito parecido: poucos torcedores esperavam pelos campeões do mundo, que já voltaram as suas atenções para o Campeonato Inglês – nesta quinta-feira, o líder da competição vai enfrentar o Leicester City, segundo colocado.

A delegação do Flamengo chegou ao Rio de Janeiro desfalcada de vários de seus integrantes. O lateral-esquerdo Filipe Luís e o meia uruguaio Arrascaeta, por exemplo, viajaram diretamente de Doha para outros destinos. O técnico Jorge Jesus voltou à cidade – foi o primeiro a sair no saguão de desembarque -, mas nesta segunda-feira viajará para Portugal, onde passará as festas de fim de ano.

Até Ronaldinho Gaúcho, ex-jogador do próprio Flamengo entre 2011 e 2012, apareceu no saguão de desembarque, deixando o local pelo mesmo caminho dos jogadores rubro-negros, e causou um pequeno alvoroço.

A equipe rubro-negra está de férias e só retornará ao trabalho no dia 22 de janeiro. A estreia do Flamengo no Campeonato Carioca está marcada para quatro dias antes, mas o clube pretende começar a disputa do torneio estadual com seu time sub-20.

Os dirigentes, porém, vão trabalhar bastante nos próximos dias. Além de buscar reforços para o time, eles terão de resolver a situação de Gabriel, cujo empréstimo está por terminar. O Flamengo confia que vai ficar com o artilheiro do Campeonato Brasileiro e já tem os recursos para isso, mas ainda existe a possibilidade de surgir uma proposta de um clube da Europa – por ora, a única coisa certa sobre o goleador é que ele não retornará à Inter de Milão, clube que é dono de seus direitos econômicos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora