08 de maio de 2021 Atualizado 11:02

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cultura

Oscar 2021: Cerimônia terá presença de artistas indicados

Por Agência Estado

19 mar 2021 às 16:07 • Última atualização 19 mar 2021 às 18:44

A cerimônia do Oscar 2021 será um encontro íntimo e pessoal, realizado sem Zoom e limitado aos artistas indicados, apresentadores e seus convidados, disseram os produtores, nesta quinta-feira, 18. Devido à pandemia do coronavírus, o show que entregará as maiores honras da indústria cinematográfica será realizado na estação ferroviária, a Union Station, no centro de Los Angeles e na tradicional casa do Oscar, o Dolby Theatre, em Hollywood. Todos serão testados e haverá uma equipe de segurança covid-19 no local durante a noite de 25 de abril.

“Não haverá a opção de ampliar o show”, disseram os produtores Steven Soderbergh, Jesse Collins e Stacey Sher, em uma nota aos mais de 200 indicados este ano. “Estamos fazendo de tudo para oferecer uma noite segura e gostosa para todos vocês, pessoalmente, bem como para todos os milhões de fãs de cinema ao redor do mundo, e sentimos que o virtual diminuirá esses esforços”, acrescentaram os produtores.

“Para aqueles que não podem comparecer devido à agenda ou desconforto contínuo em viajar, queremos que saibam que não haverá uma opção de Zoom para a cerimônia”, diz outro trecho da carta.

Segundo eles, os indicados e seus convidados se reunirão em um pátio na estação ferroviária, enquanto outros elementos do show serão apresentados ao vivo dentro do Dolby Theatre, a cerca de 12,9 km de distância. Normalmente, centenas das maiores estrelas de cinema do mundo se reuniam em um teatro de 3.400 lugares para um show ao vivo, precedido por um tapete vermelho repleto de fotógrafos e equipes de câmera.

Outros programas de premiação nos últimos meses substituíram os encontros habituais em jantares de gala e no palco por apresentações pré-gravadas ou eventos virtuais. Um grande desafio, pois a audiência da transmissão de grandes premiações pela televisão caiu: o do Globo de Ouro e do Grammy apresentaram altas quedas neste ano.

Publicidade