Simply Red faz carta de amor ao soul em novo disco

Grupo lança “Blue Eyed Soul”, primeiro trabalho em 4 anos; single “Thinking of You” é um das mais pedidos da FM Gold


Quando surgiu na cidade de Manchester, em 1985, o Simply Red era um estranho no ninho. Em meio a olheiras, visual dark e músicas pessimistas típicas daquele período, o grupo liderado pelo cantor ruivo Mick Hucknall optava por um pop alegre e influências da soul music norte-americana dos anos 1960 e 70.

Passados 35 anos, Hucknall e sua turma (dez músicos no total) continuam temporalmente deslocados em meio ao pop de 2020, como demonstra o novo disco do grupo, “Blue Eye Soul”, 12º álbum do Simply Red. O que não mudou é o apreço dos fãs pela música dos britânicos. O primeiro single do disco, “Thinking of You”, tem se destacado em programações de várias FMs pelo mundo e em plataformas digitais.

Foto: Divulgação_BMG Rights Menagement
Mick Hucknall volta a comandar a banda que ele fundou em 1985, cantando a alegria em ritmo de soul music, sua maior paixão musical

Hucknall também não faz muita questão de jogar no mercado aquilo que esperam dele – ou melhor, esperam de um artista que no próximo mês de junho completa 60 anos de idade. “Nesta fase da minha carreira, eu poderia fazer um daqueles álbuns reflexivos e sombrios que lembram minha vida e todo esse tipo de coisa que as pessoas costumam fazer em uma certa idade. Mas eu queria fazer algo enérgico. Eu quero me divertir!”, ressaltou o cantor em entrevista ao site britânico de música, Old Stuff.

E é exatamente isso que se ouve em “Blue Eye Soul”, cujo título remete às formações de cantores brancos dos anos 60 que imitavam os soulmans negros. O ouvinte mais atento vai percebendo, durante o disco, citações a nomes como Curtis Mayfield, James Brown, Isaac Hayes e Stevie Wonder.

Nada diferente do que o Simply Red já namorou de maneira mais discreta ou que mesmo Hucknall já tenha feito deslavadamente. Um exemplo foram os discos “Tribute to Bobby” (2008) e “American Soul” (2012), os dois trabalhos solos do artista, elaborados durante os anos de “descanso” de sua banda principal.

Mas se Hucknall colheu boas críticas e um sucesso mediano em aventuras solos, o novo disco mostra a força da marca Simply Red no imaginário dos fãs. “Blue Eyed Soul” teve vendas expressivas no Reino Unidos e EUA, e “Thinking of You” já foi parar até na trilha da novela “Salve-se Quem Puder”, da Rede Globo, o que ainda é bastante sintomático no país em matéria de sucesso.

O single foi a primeira canção composta para o disco, segundo o próprio Hucknall, autor de todas as músicas do novo trabalho, disse em entrevista ao site Music Week, do Reino Unido. “Foi a primeira música que eu defini para o projeto e quando comecei pensei: ‘Quero manter o tema de soul e funk como um gênero’”, explicou.

No segundo semestre, o Simply Red volta aos palcos em uma turnê que deve, inicialmente, correr cidades da Europa e Estados Unidos. Já em 2021, a banda planeja passar por Ásia e América do Sul, onde provavelmente deve bater ponto no Brasil.

Novo hit faz sucesso entre ouvintes da FM Gold

A batida forte que precede o grito agudo introdutório entrega que Mick Hucknall, do Simply Red, andou ouvindo muito James Brown quando compôs “Thinking of You”.

Mas apesar da sonoridade vintage do primeiro single da banda em quatro anos, a canção tem se destacado em programações de várias rádios mundo afora. E na FM Gold (FM 94,7) não é diferente.

“A aceitação está sendo ótima. Muitas vezes, bandas antigas lançam material novo e o pessoal só quer saber dos velhos hits. Neste caso, estamos recebendo muitos pedidos para tocar ‘Thinking of You’”, exalta Cris Corrêa, diretor de programação da emissora americanense.

“Thinking of You” vem se juntar a vários outros hits do grupo inglês que marcam presença na FM Gold, como “Holding Back the Years” (1985), “If You Don’t Know Me By Now” (1989) e “Stars” (1991).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora