09 de março de 2021 Atualizado 07:49

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Televisão

‘Malhação – Sonhos’ reativa os musicais na dramaturgia

Com mais um atraso na produção da temporada inédita do seriado, Globo reestreia "Sonhos" nesta segunda-feira

Por TV Press

24 jan 2021 às 09:51

A realidade que se impôs nos últimos meses foi bastante densa e dramática. Não à toa, a Globo tem recorrido a projetos lúdicos e leves para preencher sua programação esvaziada pela pandemia do novo coronavírus. Com mais um atraso na produção da temporada inédita de “Malhação – Transformação”, a emissora reestreia nesta segunda-feira, dia 25, “Malhação – Sonhos”.

A trama escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm apresenta um grupo de jovens e adultos que buscam alcançar seus sonhos através do esporte e da arte. A dupla, recentemente, já curtiu o sucesso da reprise de “Totalmente Demais”.

“Estamos vivendo um momento difícil, atípico. Há alguns meses, assistir de novo essas obras, no mesmo horário que foram exibidas originalmente, seria algo impossível. Espero que ‘Malhação – Sonhos’ traga alegrias em meio a tantas dificuldades. É uma novela que fala de teatro e música em um período que estamos com o setor cultural parado ou caminhando aos poucos”, explica Rosane.

Rafael Vitti, Isabella Santoni, Felipe Simas e Jeniffer Nascimento, os protagonistas de ‘Malhação Sonhos’, que volta ao ar amanhã – Foto: Divulgação

Ao contrário de temporadas anteriores, “Malhação – Sonhos” não é ambientada em um colégio. A Escola de Arte Ribalta e a Academia de Lutas do Gael são os principais cenários da história. São nesses ambientes que transitam os protagonistas Duca, Bianca, Pedro e Karina, interpretados por Arthur Aguiar, Bruna Hamu, Rafael Vitti e Isabella Santoni.

As irmãs Bianca e Karina estão sempre em pé de guerra, mas as duas compartilham uma paixão pelo lutador Duca, que só tem olhos para Bianca. “‘Malhação foi uma das tramas mais importantes da minha carreira e poder revê-la anos depois vai me trazer muito aprendizado, terei a oportunidade de ver minha evolução como profissional”, afirma Isabella.

Ao longo dos capítulos, Karina, que deseja ser o orgulho nos ringues de seu pai Gael, papel de Eriberto Leão, acaba abrindo seu coração para o atrapalhado Pedro. O rapaz sonha em fazer carreira na música e montar sua banda. “Foi um reconhecimento muito rápido e eu fui percebendo isso ao longo da novela. No início, eu ia de ônibus gravar, mas, com a novela no ar, começaram a me reconhecer. No meio da novela, o Luiz (Henrique Rios, diretor) que arranjou um motorista para me levar para a Globo. Foi intenso lidar com tudo isso”, lembra Vitti.

ELENCO

Além de Eriberto Leão, o elenco veterano do folhetim também conta com Emanuelle Araújo, Leo Jaime, Helena Fernandes, Guilherme Piva, Patrícia França e Felipe Camargo. Se dividindo entre a atuação e a música, Emanuelle vibrou com a chance de participar de uma trama musical.

Na história, ela interpretou Dandara, professora de canto da fictícia escola Ribalta. Seus encantos e doçuras acabam amolecendo o coração de Gael. “Esse trabalho teve muitas sincronicidades. Essa trama musical tinha uma relação muito forte com a minha história pessoal. A Dandara cantava o tempo todo. Tive a chance de cantar Chico Buarque no fim da tarde da tevê. Sou muito grata por esse projeto”, valoriza Emanuelle.

Originalmente exibida em 2014, “Malhação – Sonhos” conta com uma série de temáticas sociais. Para o autor Paulo Halm, a trama soube envelhecer bem ao longo dos anos, mantendo o conteúdo atualizado e em paralelo com o momento atual.

“A gente fala de violência racial, violência policial contra negros, questão de gênero, opções de vida e de relacionamento. Se a gente escrevesse essa novela agora, colocaríamos mais questionamentos. Foi um dos projetos mais diversos e ricos que tivemos. Penso que essa abordagem realista acaba estimulando nosso público a correr atrás de seus sonhos com a consciência de que o caminho é longo e cheio de percalços, mas que vale a pena ser atravessado”, valoriza Halm.

Núcleo Gael – Foto: Divulgação

Núcleo Gael
Competitivo e linha dura, Gael (Eriberto Leão) é pai de Bianca (Bruna Hamu) e Karina (Isabella Santoni), e as cria sozinho após a morte de sua mulher. No fundo, é um homem sentimental e se derrete na presença de Dandara (Emanuelle Araújo), a única pessoa da Ribalta que consegue ter uma conversa civilizada com ele. Gael vê em Duca (Arthur Aguiar) o filho que nunca teve e aposta todas as fichas no aluno. Ele precisa lidar com os constantes conflitos entre Bianca e Karina, que são apaixonadas por Duca.

Núcleo Turma da Ribalta – Foto: Divulgação

Núcleo Turma da Ribalta
Nando Rocha (Leo Jaime) é ex-vocalista da banda Penetras no Paraíso, da década de 1980. O roqueiro é o administrador da Ribalta. Herdou a escola de artes de sua tia-avó Norma. Sua maior desavença, além de Gael (Eriberto Leão), é a professora Lucrécia (Helena Fernandes) e o dramático Edegard (Guilherme Piva). É na Ribalta que Dandara (Emanuelle Araújo) dá aulas de canto. Ela é mãe de João (Guilherme Hamacek) e foi casada com Renê (Mário Frias), mas criou o filho sozinha após o divórcio.

Núcleo Turma da Luta – Foto: Divulgação

Núcleo Turma da Luta
É na academia de Gael que treina Cobra (Felipe Simas). Competitivo e desleal, o rapaz é um lutador sádico e quer ser campeão custe o que custar, por isso cria problemas na Academia de Lutas do Gael e logo de cara terá antipatia com Duca (Arthur Aguiar). Marcão (Jean Amorim) e Zé (Bruno Fraga) são os seguidores de Duca (Arthur Aguiar) e por isso foram apelidados pela turma da Ribalta de Tico e Teco. O grande rival de Gael é Lobão (Marcelo Faria). Líder da Academia Khan, ele vai se aproximar de Cobra (Felipe Simas) para conseguir o que quer.

Família Perfeitão – Foto: Divulgação

Família Perfeitão
Sempre brincalhão, Pedro (Rafael Vitti) tem um grande talento para a música, principalmente na guitarra. Filho de Delma (Patrícia França) e Marcelo (Felipe Camargo), ele ajuda os pais no restaurante Perfeitão, mas quer mesmo é entrar para a Ribalta para montar sua banda. É o único amigo de João (Guilherme Hamacek) e após o ódio à primeira vista, vai conquistar o coração de Karina (Isabella Santoni).

Publicidade