29 de maio de 2024 Atualizado 19:38

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

MÚSICA

Fãs da região relembram histórias de vida com Roberto Carlos

O “Rei” realiza show neste domingo (14) no Expo América, em Nova Odessa

Por Stela Pires

14 de abril de 2024, às 09h25 • Última atualização em 15 de abril de 2024, às 10h21

“Você foi o maior dos meus casos…”, cantou a aposentada Sueli Cristina Pinhanelli Rocha enquanto contava sobre a relação dela com seu maior ídolo, Roberto Carlos.

Prestes a assistir o seu quinto show do artista, que acontece neste domingo (14) no Expo América, em Nova Odessa, ela relembra um de seus primeiros contatos com o cantor. O encontro aconteceu na década de 1970, quando ele esteve na casa da fã. 

Karina Pilotto “herdou” a admiração por Roberto Carlos e completa seu 4º show do artista neste domingo – Foto: Arquivo pessoal

Sueli é filha do falecido radialista Geraldo Pinhanelli, que promovia shows em Americana e região. Ela conta que na época era comum os artistas virem até a cidade apenas para a apresentação e, em seguida, irem embora. 

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Os artistas não ficavam em hotéis. Eles vinham, se trocavam, faziam o show e iam embora”, relembra. A casa da aposentada foi visitada por diversos cantores durante a sua infância por causa dessa dinâmica.

Hoje, com 67 anos, relembra alguns dos nomes que passaram por lá: Ronnie Von, Paulo Sérgio e o grupo Os Incríveis.

Foi em mais um dia “comum” na rotina da família Pinhanelli que Roberto Carlos, no auge da Jovem Guarda, marcou presença. A lembrança não é tão clara para Sueli, que tinha em torno de 12 anos. Ela recorda apenas da simplicidade do cantor.

A mãe de Sueli tinha o costume de preparar algo para os artistas comerem antes do show, e a preocupação a respeito do que o “rei” gostaria de comer tomou conta.

A decisão foi esperar a chegada do cantor, que foi questionado sobre o que queria para a refeição. A resposta foi um suco e um sanduíche.

“Eu era tão menina, não dava valor, não tinha caído minha ficha. Mas, se fosse hoje…”, disse a aposentada, que viria se tornar fã do artista na adolescência.

Assim como qualquer outro admirador de Roberto, o maior sonho de Sueli é ganhar o famoso botão de rosa distribuído por ele nos shows.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Aos 33 anos de idade, a jornalista e analista de comunicação Karina Pilotto praticamente “herdou” seu gosto por Roberto Carlos. Há alguns anos, ela esteve como imprensa no show do cantor, que acontecia também no Expo América.

Na época ela já apreciava a figura e trabalho do artista, mas uma questão familiar fez com que o show ganhasse um peso “maior” para a jornalista.

Uma tia de Karina era muito fã do cantor, mas na época estava doente e não conseguiu ir ao evento. “Então meio que eu fui com essa intenção de realizar esse ‘sonho’ por ela”, contou.

Com a “grandeza” do show de Roberto Carlos, Karina saiu de lá não mais como apreciadora, mas sim como fã do artista. Alguns meses depois a tia da jornalista acabou falecendo e ela herdou os discos do cantor.

Hoje, prestes a completar o quarto show em que prestigia o ‘rei’, ela ressalta que a admiração pelo artista não tem idade, mesmo não estando na faixa etária dos fãs de Roberto Carlos.

“Eu penso que essa conexão não tem a ver com idade ou época, mas sim com a forma como a pessoa se conecta com a obra. No caso, eu acho o Roberto um grande intérprete”, disse.

Marcelo Corral com foto que tirou com o Rei Roberto Carlos – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

Fã por uma vida

O empresário Marcelo Corral, de 66 anos, é fã de Roberto Carlos desde que se entende por gente. Ele já perdeu as contas de quantas vezes esteve em um show do cantor e só não irá neste final de semana porque tem compromisso marcado.

Fã de carteirinha, Marcelo tem uma coleção de itens que marcaram as idas aos shows. Ele guarda recordações como ingressos, fotos tiradas durante a apresentação, cordões e as famosas rosas, que foram preservadas.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Pouco antes de mais um show de Roberto, em 2018, ele se recordou de uma entrevista que o músico concedeu à Hebe Camargo. Na conversa, o artista listou sorvete de creme e sexo como as coisas que mais gosta na vida.

Marcelo aproveitou a ida ao show para entregar ao ídolo um pote de 5 kg de sorvete de creme e um “Azulzinho”. Entre gargalhadas no palco, Roberto o convidou para o camarim. 

“É um cara sensacional, muito simples. Quem conversa com ele não acredita que ele possa ser dessa maneira. A impressão que eu tinha dele era que ele era um cara assim, um ‘gigante’, mas é de uma simplicidade extrema”, contou.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade