Alejandro experimenta a revolta do público

Na pele do personal trainer Tales, ator já ouviu piadas sobre o jeito aproveitador do personagem, recebeu cantadas e experimentou ser repreendido


Na pele do personal trainer Tales, o goiano de 36 anos Alejandro Claveaux já ouviu piadas sobre o jeito aproveitador do personagem com a ricaça Lídia, papel de Malu Galli, recebeu cantadas e, por fim, experimentou ser repreendido por todo o mal que o bonitão já causou na novela das 21h da Globo.

“As pessoas adoravam o Tales. Algumas falavam que ele poderia se regenerar, se apaixonar pela Lídia. Particularmente, também já pensei sobre isso. Afinal, pelo início da novela, a Lídia não era nenhuma flor que se cheirasse”, brinca.

Foto: Divulgação
Desde que começou a aparecer em “Amor de Mãe”, Alejandro Claveaux passou por momentos bem distintos

O texto de Manuela Dias, autora de “Amor de Mãe”, porém, fez a relação do casal tomar novos rumos. Tales foi desmascarado e descobriu-se que ele é um criminoso que aplica golpes em mulheres. Munido de fotos e até vídeo íntimo dos dois, exigiu dinheiro para manter o material em segredo. Com isso, a trama começou a abordar um mal bastante comum hoje em dia e que ganha cada vez mais espaço na televisão: o dos crimes digitais.

“Esse golpe acontece demais. Há pouco tempo, o ‘Fantástico’ fez uma reportagem com mulheres que fingem estar caindo no papo desses caras para, na verdade, denunciá-los. Esse é um assunto que está em alta”, conta.

O pé atrás do público com Tales, na verdade, começou antes. Alejandro lembra que, assim que o educador físico causou a demissão da empregada doméstica Penha, interpretada por Clarissa Pinheiro, as reações nas ruas começaram a mudar. “Ali, já começou a rolar um ódio. Antes, tinha gente que achava que o Tales e a Lídia meio que se mereciam”, revela.

Até pela profissão e pelo perfil sedutor do personagem, muitas foram as cenas em que Alejandro já precisou aparecer descamisado. Cuidar do corpo, na verdade, sempre foi algo que fez parte de sua rotina. Porém, o ator assume: encarnar um profissional que ganha a vida ajudando os clientes a se manterem em forma fez com que algumas preocupações surgissem.

“Sempre nadei e malhei. Mas rolou um cuidado para manter uma rotina diária. De início, eu ficava muito preocupado em como seria esse personal. Em como o trabalho funciona, de fato. Então, comecei a treinar com um, para me inspirar”, recorda. Essa preparação, porém, não chegou a ser tão aproveitada. “Tive umas duas cenas assim e logo o Tales parou de trabalhar”, comenta, referindo-se ao período em que o rapaz passou de personal trainer a namorado de Lídia.

Nessa fase inicial da história, Alejandro se surpreendeu com algo que ainda não tinha experimentado em sua trajetória na tevê. O envolvimento de Tales com uma mulher mais velha – ainda que na base do interesse – acabou chamando a atenção de parte do público feminino mais maduro.

“Amor de Mãe” – Globo – Segunda a sábado, às 21h10.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora